Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nem tudo que é bom acaba

Adormeci com o clarão da lua cheia, enamorada por seu encanto e hoje acordei a espera de raios de sol, para que me proporcionasse energia. Mas, ainda é inverno e o sol demora a surgir, entretanto a energia que me aquece vem de dentro. De onde vem?
Uma energia boa, suave, mas que logo vai ganhando espaço, força e tomando todo o ambiente.
O que será?
E logo, olho o calendário...
Hum... É nessa hora que a energia cede lugar à um restinho de preguiça, que em seguida peço que parta.
Afinal, a velha máxima "tudo que é bom dura pouco".
Ah !!! Ah !!!
Que vontade gritar, pedir para o tempo voltar, ainda há tanta coisa a fazer, "promessas que ainda não cumpri"
Conversas, visitas, passeios, médicos, idas ao banco, contas a pagar, enfim muitas arestas a acertar.
Se tivesse nesse momento direito a três desejos, pediria:
A PAZ no mundo, o FIM da fome e mais o que?
Ei espere ai, não sou candidata a Miss Universo.
Então quem sabe, esticar o tempo, dormir mais um pouquinho e ter bons sonhos.
Mas, o que eu faço com os raios de sol?
Não vou vê-los, como também não verei os amigos
Não ganharei Bom dias, abraços, sorrisos e principalmente não matarei a saudade.
SAUDADE !!!
Matar a saudade compensa acordar mais cedo, pular da cama e rever pessoas queridas. Ouvir como foram as férias, contar como foram as suas.
Dar gargalhadas, compartilhar alegrias e quem sabe alguma tristeza, e a certeza que poderá oferecer um ombro amigo.
Belo duelo: Matar a saudade ou voltar no tempo?
Não há tempo que segure a beleza de um sorriso e um abraço apertado.
Mesmo porque, posso fazer tudo que ainda não fiz, não há necessidade de parar o tempo. Posso deixar que ele siga e ainda sim ser mais feliz.
Quem foi que disse que tudo que é bom acaba?
Ah, nem sempre !
Afinal vou matar a saudade e ter certeza que a verei nas férias de Dezembro.

Um beijo e tenhamos um bom dia e um EXCELENTE RETORNO.

Jaque Melo
Enviado por Jaque Melo em 30/07/2007
Código do texto: T585047

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Jaque Melo
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
35 textos (2127 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 17:55)
Jaque Melo