Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu sou de sumir...

EU SOU DE SUMIR.

Eu só consigo amar alguém de quem  eu possa me afastar de vez em quando.
Chame de egoísmo ou ache isso um absurdo!!!
Não me importo. É como me sinto...Essa é a minha lógica.

Eu já amei de muito, agora quero amar de pouco, pois preciso controlar isso.
Não quero consumir amor de forma excessiva, sem saber quanto tenho no estoque.
Vai ter ocasiões em que eu vou enlouquecer, estarei esgoelada pela minha própria noção e eu quero ter espaço para poder sumir.
Eu não estou preparada para ter um caso sério, como os outros que eu tive antes.
Não estou.
Eu não confio tão facilmente feito antes, não aceito mais certas coisas, e penso sobre tudo.

Eu não quero ficar presa.
Eu quero poder partir, quando eu achar que não estou aguentando mais.
Não é todo mundo que aceita esse tipo de relacionamento, e é por isso que eu estou sozinha e não sei quando voltarei a ter um amor.
Estou cheia de partes imperfeitas...
É difícil encontrar alguém que saiba lidar com você nos seus piores dias, e ainda escolha ficar.

No meu antigo relacionamento, do qual ainda me lembro e do qual ainda não me livrei totalmente, eu sofri a carga emocional sozinha.
Dos dois lados.
O problema é que eu sinto tudo em dobro, e fico sempre com o peso maior para carregar.
Aí, não sei lidar.
Quero poder sumir quando isso acontecer, pra me encontrar de novo,quantas vezes forem precisas.
[eu quero poupar o meu futuro amor de toda a confusão que eu sou].

Estar sozinha não é bom!!!
Nada de romantizar isso...
Eu sinto falta, sim, de ter alguém... Eu sinto falta do sexo. Eu sinto falta dos antigos beijos onde não falávamos se quer uma palavra, mas que eram tão meus e tão necessários.
Eu sinto falta de ter com quem contar... ah, como eu queria aquilo de novo...
De poder ligar tarde da noite, aos prantos, e saber que a pessoa não vai me julgar.
Alguém que me escute. Que me veja quando estou derrotada, e sorrie pra mim.
Alguém que diga “vai ficar tudo bem”, “eu estou aqui”, “quando chegar em casa, avisa”.
Pode ser só detalhes, mas pra mim são extremamente importantes.

Estou desconsertada, e não sei se algum dia voltarei a ser alguém.
Se voltarei a amar.
Pois sou inconstante.
E sou de sumir
Clair M Santos
Enviado por Clair M Santos em 11/10/2018
Código do texto: T6473029
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Clair M Santos
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 25 anos
76 textos (1916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/18 10:25)
Clair M Santos