Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O outro

''Lamento pelo que houve, mas foi melhor assim, para ambos.
Eu pergunto: o que ela fez para ter sido sempre maltratada assim?
Você acha que ela sempre mereceu o seu comportamento tóxico?
Ela sempre priorizou tanto a vossa relação, o vosso matrimônio
e você nunca julgou a devida magnitude. Nunca foi prioridade.
A única justificativa é que ela deve ter efetivado um pecado
imperdoável no passado. Mesmo assim não constitui-se em uma
razão aceitável para tanto desprezo, renegação e humilhação.
No entanto, a minha percepção indica que a origem para essa
sua personalidade tão egocêntrica, estúpida e carente de empatia
tenha uma correspondência intrínseca com o seu prelúdio.
Eu entendo que a sua vida foi permeada pelo sofrimento e privações.
Você teve uma convivência definida pela devastação afetiva na sua
família. Você testemunhou a violência, a fome, o desconhecimento
da teoria e da prática da amabilidade, da afetividade e do amor.
Eu sinto muito por você ter tido uma estrutura familiar sabidamente
desequilibrada e conturbada. Porém, ela não tem culpa do que
aconteceu. Eu sei que você nunca foi ensinado sobre o amor,
sobre o carinho, sobre a cumplicidade e sobre o cavalheirismo.
Ela jamais teve o seu reconhecimento. Mesmo tendo feito tudo
para agradar e satisfazer a sua natureza tirana, inflexível e agressiva.
Você nunca pode ser contestado ou contrariado, caso contrário
a fúria dominava o seu instinto incontrolável e impiedoso. Mas sabe,
aquela mulher que sempre fez tudo por você e você nunca valorizou,
ela cansou. Ela, constantemente, demonstrou uma fortaleza
inabalável, uma admirável resistência contra as impetuosidades,
entretanto, ela atingiu um estágio de sobrecarregamento exacerbado
que, dificilmente, caso você adote uma providência mais radical,
ela retrocederá. Todavia, o que foi parece não ter volta mais, e você,
você demorou demais. Por que você demorou a vida toda para
conceder o mérito, a honra, a gratidão e a apreciação por quem
só promoveu o seu bem? Abertamente, não sei se algum dia,
eu entenderei o porquê. Você perdeu e agora, ela está nos braços
do outro.''
Lucas Nicácio Gomes
Enviado por Lucas Nicácio Gomes em 30/11/2018
Reeditado em 19/03/2019
Código do texto: T6515901
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Nicácio Gomes
São Mateus - Espírito Santo - Brasil
281 textos (5612 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/19 05:44)
Lucas Nicácio Gomes

Site do Escritor