Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEM FOI, É, E SERÁ...

   E quem foi, é, e será, o atrevido que bagunçou o nosso lar, que chegou de soslaio, olhando baixo para esconder seu atrevimento de querer desmontar um sólido sutil casamento que foi elaborado sob juras eternas, mas deixa estar, que vai se saber desse tal desaforado, que se fez galo em terreiro estranho, e só não levou esporadas e bicadas porque o galo dono do terreiro em casa não estava...
   O dono desse lar destruído havia saído em viagem de trabalho para buscar o alimento à sua prole, um casal de filhos, que já estudam e que dizem, papai e mamãe, quando nos formarmos vocês dois irão morar juntos conosco, e agora, o que dizer a eles, desse fato indigesto acontecido entre nós dois de que não há estômago que possa ingerir, porque nos causa náusea de ânsia em desgosto esse ocorrido entre nós dois...
   E não se trata somente de um lar dividido ao meio, que se pense nos reveses desse vil trauma, e como é que se vai manter a calma pois se está descontrolado e o sistema nervoso pede para dar pane, e se der pane, que tudo ao nosso redor se dane, pois perante Deus, em juramento feito a Ele, você é e será sempre minha, e os nossos bens ficarão bloqueados pela justiça, visando o bom futuro dos nossos dois filhos que temos, e é isso aí e não adianta reclamar...
                          E É ASSIM DE QUE A FELICIDADE ERMA
                          SAI DE UMA CASA E VAI PARA OUTRA...
Josea de Paula
Enviado por Josea de Paula em 05/12/2018
Código do texto: T6519394
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Josea de Paula
Laranjeiras do Sul - Paraná - Brasil, 61 anos
2096 textos (138931 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/18 08:37)
Josea de Paula