Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Marcas

De; Ana.R
Para; Ana.R

Querido ser, ainda me lembro das inúmeras vezes que chorei, e me peço desculpas por isso. Talvez eu tenha te feito passar por coisas que provavelmente tenham te machucado, não me lembro da última vez em que pude me por em coma e apenas delirar em um profundo sonho, você me mostra a todo momento que precisa de cuidados, cuidados que não serei capaz de lhe proporcionar momento algum de minha existência. Quero deixar registrado toda a minha possível gratidão, minha falta de um amor que não consegui expressar, quando me ausentar terei um descanso merecido. Perdoe-me por todas as circunstâncias nas quais realizei feridas que não saíram de nós, e do fundo do meu dilacerado coração lhe desejo uma companhia melhor em outra estadia.
De memórias partidas
Enviado por De memórias partidas em 03/12/2019
Reeditado em 03/12/2019
Código do texto: T6809673
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
De memórias partidas
Porto Seguro - Bahia - Brasil, 17 anos
1 textos (15 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/19 00:42)