Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA EXPRESSA

CARTA EXPRESSA


Meu amado, procurei através dos meios que tenho
E oportunidades que eu tive, chegar ao teu coração.
Não consegui. É fato. Não te amarei menos, me abstenho.
O amor aportou, não por querer meu, nem por indução.

 

Percebo que tenho me dedicado único e exclusivamente
a te escrever versos, que talvez nem foram lidos literalmente.
Percebo que o tempo tá passando por mim, muito depressa,
Esperando tua atenção, carinho, amor, nenhuma promessa.

 

Percebo então que você não pode dá o que eu quero, que pequei.
O que coube a você decidir, você guardou no coração.
Não vou está desesperada, nem aqui trancada esperando o NÃO,
Que sei não virá. O amor que sentes é maior, aflorar esperei.

 

Será que me expressei mal quando fui te procurar?
Quando o amor me sufocou e não pude mais me calar.
Será que te magoei, de algum modo ou maneira te feri?
Não me procuras, nada falas, eu reafirmo te amo. Não menti.

 
 
Neide Rodrigues, poetisa potiguar em 26/03/2020 às 11:48h

 

 
NeideRodriguesPoetisaPotiguar
Enviado por NeideRodriguesPoetisaPotiguar em 26/03/2020
Código do texto: T6897595
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
NeideRodriguesPoetisaPotiguar
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 55 anos
217 textos (4191 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/04/20 02:40)
NeideRodriguesPoetisaPotiguar