Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Miragem

Procurando um refúgio, me escondi dentro do peito apertado que se fecha ao deitar no travesseiro.
Deixei a TV ligada, pra disfarçar a solidão, e mais de 20 cigarros fumados no cinzeiro.
Me jogo no colchão e meu corpo procura o teu corpo nos lençóis, assim como toda vez que se deita.
Sabe, eu até acostumei com a miragem do teu corpo que sempre aparece na cama desfeita.
A junção dos nossos corpos era perfeita, mas era só isso e então não tive outra escolha.
Em tempos difíceis como os que venho passando eu só preciso de alguém que me acolha.
Eu sinto falta do teu cheiro, do teu toque e das conversas sem pudor.
Até rolou aquela química, mas tudo entre nós era tão físico, faltava amor.


Angelica Stefaniak
Enviado por Angelica Stefaniak em 26/03/2020
Reeditado em 30/03/2020
Código do texto: T6898191
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Angelica Stefaniak
Irati - Paraná - Brasil, 24 anos
10 textos (484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/04/20 02:02)
Angelica Stefaniak