Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mania de Quem Ama a Vida

Campinas, 16 de outubro de 2007

À minha avó querida,

...

Ao ler os Versos do Adeus
Vi algo de triste,
Mas compreendo bem
Porque nele auriste.

É leve a explicação:
O vácuo do espaço
É que fez com que
Hauriste a razão.

Quando a Vida é bela,
Surge uma velha mania
De contar o resto dEla
A cada novo dia.

E não é que essa velha mania
um dia se transforma
em mania de velha?

Enquanto esta carta relia,
Notei que também tenho a tal mania.
Não é exclusividade da velha,
Que os filhos e netos - com orgulho - a vida espelha.
Lipe Lalli
Enviado por Lipe Lalli em 17/10/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T697474


Comentários

Sobre o autor
Lipe Lalli
Campinas - São Paulo - Brasil
2 textos (108 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/21 08:32)
Lipe Lalli