Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como é bom amar...

Minha querida mulher, amada namorada.
Ao teu lado perco o tempo, esqueço das mazelas da vida.
Mostraste-me que é possível amar e ser amado.
Voar sem ser pego.
Se soltar, viver e correr.
Ao teu lado enlouqueço, me rendo aos teus encantos.
Perco a vergonha e me entrego...
Ah... como me entrego!
Sinto teu perfume percorrer meus pensamentos.
O ardor do teu corpo se transforma em fúria sem barreiras.
O brilho dos teus olhos mostra-me o quanto me perco...
Tenho medo...
Medo gostoso... carinhoso.
Filho do Sol
Enviado por Filho do Sol em 26/10/2007
Código do texto: T710536

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Filho do Sol
Belém - Pará - Brasil, 39 anos
16 textos (1850 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:25)
Filho do Sol