Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um choro vermelho na minha lágrima azul...

Hoje num choro vermelho, cai uma lágrima azul, a minha
Antes meu pranto apenas caisse sem ter motivo concreto
Sinto como? Se nem há melodia onde estou.
Estou sozinha para os outros, pois meus pensamentos estão em você
Palavras tão suaves estão escritas aqui, no meu coração
Eu fecho os olhos e te digo tudo
Uma carta de amor
Onde não se lê, apenas ouça e depois pode até ir embora se assim preferir
Sem nada dizer...
O meu olhar nunca foi tão nítido e não é pelo pranto que derramou
eu vi meus olhos no reflexo do espelho
E ao ver meus olhos vermelhos e rosto amargurado
Eu descobriq ue perdi todo o encanto
Me vejo tão triste
Como posso querer sem saber o quê???
Eu tentei sonhar, mas a melodia te traz de volta
As palavras se confundem
E a inspiração já não é perfeita
As vezes penso como seria ficar perdida na multidão
Com todos, mas sem ninguém, sem você...
Procurar um sorriso igual ao seu, e não encontrar
A espera me enlouquece aos poucos...
É como a solidão.
As vezes a solidão é melhor que a saudade
A solidão pode ser recompensada
A saudade jamais é esuquecida e sempre será nossa marca
Mas não posso negar-me de amor, te amo tanto...
E de tal forma que ao olhar no espelho
Vejo novamente...
Uma lágrima azul, no meu choro vermelho...
Nathalya Etchebehere
Enviado por Nathalya Etchebehere em 29/10/2007
Código do texto: T714987

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nathalya Etchebehere
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 33 anos
254 textos (23170 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 17:55)
Nathalya Etchebehere