Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTÃO PEGUEI MEU CASACO, AS CHAVES E SAI POR AI .


 FIQUEI DEITADO POR UM MOMENTO, FOI O SUFICIENTE PARA SENTIR QUE PERDER O AMOR DA MINHA VIDA NÃO SERIA LEGAL. ENTREI EM DESESPERO COM MEUS SENTIMENTOS REPRIMIDOS,SENTI MUITA VERGONHA DE MIM MESMO, PASSEI OS OLHOS SOBRE ESTA MESMA ESCURIDÃO MAUDITA, ESTA MESMA DOR FICOU EM MIM NO DIA DAS LAMENTAÇÕES MAIS NÃO DEU, ERA TARDE, O AVIÃO JA HAVIA DECOLADO, SEU NAMORADO NOVO JA ESTAVA DEITADO, A SOLUÇÃO FOI SENTIR O MEU ÓDIO PASSAR DE VONTADE EM VONTADE, FIQUEI COM MINHA TRISTEZA ENQUANTO A FIXA NÃO CAIA, ENQUANTO OS DIAS SÓ SE PASSARAM. SENTADO EU OREI A DEUSES E DEMONIOS PARA A NOITE LOGO PASSAR, CORRI UM POUCO MAIS ME SENTI INDISPOSTO. FERI MEU CORPO, ESCARNIFIQUEI SEU NOME EM MINHA PELE, E MESMO ASSIM VOCÊ NÃO VOLTOU. A MUSICA SE REPETE TRISTE NO RADIO, O SOM DE TERROR ME FEZ CHORAR. SINTO SUA FALTA.
DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 31/10/2007
Código do texto: T717698

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11184 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 06:34)
DIEGO HUXLEY