Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VENDO O REFLEXO DA LUZ DOS POSTES NAS POÇAS DE ÁGUA QUE FICOU NAS CALÇADAS POR ODE ANDAVAMOS NAS NOITES DE TEMPESTADE



  SOBRADINHO 22/7/2004
                                          23:55

   POR ONDE DEVES ANDAR A DOCE MARA, GAROTA PONTA FIRME QUE EM UM TEMPO PASSADO NAMOREI. ÓNTEM PENSEI TER TE VISTO NAS RUAS DA CIDADE. SEU CÂNCER FOI CRUEL E LIGEIRO, CORROEU SEUS SONHOS, FUDEU TODA A MINHA ARROGANCIA E PRAZER, SABE AS PALAVRAS NÃO TEM MESMO PODER, DEUS TAMBÉM Ó MARA COMO TE DISSE É UMA GRANDE PIADA. SEI QUE DE ONDE ESTIVER VAIS ME CRITICAR. JÁ FAZEM DOIS ANOS MAIS SÓ ONTEM VOCÊ VEIO ME VISITA, POR AQUI TUDO ESTÁ PIORANDO, OS INIMIGOS ESTÃO ACABANDO COM A GENTE E NA SEQUENCIA ESTAMOS NOS MATANDO ENTRE SI,. PODE PARECER ESTRANHO A CRENTES E CRISTÃOS, A ESPIRITAS TALVEZ NÃO.AGORA A POUCO SENTI SUA PRESENSSA, ESTA EM DIAS FOI A RECOMPENSA. POR TODO AMOR E FIDELIDADE QUE DEDIQUEI, É PENA MINHAS POBRES PALAVRAS NÃO TER CONVENCIDO SEU DEUS LADRÃO DE ALMAS..........SAUDADES.
DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 31/10/2007
Código do texto: T717712

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11183 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 21:22)
DIEGO HUXLEY