Cartas para 2022!!!

O ano de 2022 pode ser um ano promissor para aqueles que buscaram de alguma forma fazer algo novo em 2021, aquilo que nunca tivemos coragem de fazer nos anos anteriores. O mês de janeiro é conhecido como aquele do planejamento. Qual será a minha prioridade esse ano? Precisamos contar como foi o nosso passado para analisar o presente e sonhar com o futuro.

Às vezes acontecimentos de poucos dias equivale há anos. Podemos avançar 20 anos em apenas um único ano. Como também podemos viver vários anos sem nos sentirmos a fluidez no caminhar. Algo precisa mudar. A tomada de consciência não chegou. No final do ano sempre é bom fazermos uma reflexão do que se passou para planejarmos o próximo. O ano novo chega ao Brasil marcado pela estação do aquecer – conhecido como verão.

O segredo para chegarmos em 2022 renovados pode estar relacionado a tudo que construímos nos últimos anos e, principalmente, no ano de 2021. Se não fizemos aquilo que almejamos, agora, teremos o ano todo pela frente para fazermos aquilo que faz bem ao coração e alma. Podemos, também, começar com o pé direito para fazermos aquilo que ainda não aconteceu. Rumo às metas para atingirmos os nossos objetivos e chegarmos ao destino.

Há uma indústria cultural gigantesca que se alimenta de que precisamos estar felizes no final ou no começo do ano. Dizem: “a fila anda” – “o passado não importa mais” – “pra quê tristeza hoje é natal” – “tu é sempre do contra” – “no natal... é o único momento que abraço pessoas da minha família que passo o ano todinho sem falar”. Isso acontece, pois existe incentivo social para que isso permaneça e aconteça dessa forma. O papai Noel chegou atrasado cortou nossa história em fatias como se fosse um bolo de festa, o corte simboliza exatamente 365 dias. Ele saiu distribuindo e industrializou a alegria, a esperança e o amor. O final de ano é o período do milagre. Como aquele comercial de margarina – “família feliz”.

O começo do ano pode ser o mesmo de sempre. Pode ser tudo diferente. Na verdade tudo depende muito daquilo que almejamos para o dia e para os próximos meses que virão. Não precisa ir pra praia tirar uma foto pra mostrar que se está feliz. Você pode ir apenas refletir e chorar e não tem problemas se isso acontecer. Faz parte da vida. No final do ano é normal estamos exaustos. Lutamos todos os dias para sobreviver.

O que devo dizer para vocês caro (a) leitor (a) sobre o ano de 2022? Não espere colher aquilo que não plantou. Para termos os frutos precisamos primeiro da semente. A mudança vem de dentro. Não teremos um fruto novo se não plantamos uma semente nova. Do contrário, seremos sempre o velho a espera do novo. Quando chegamos ao fundo do poço e lá que encontramos a luz, pois, não tem como descer mais. A tristeza, a dor e a solidão faz parte das emoções e sentimentos do ser humano. O impossível está suspenso. A vida é movimento. Ela é contraditória.

Não podemos desejar que o outro tivesse compromisso de mudar o mundo quando apenas ficamos na zona de conforto e do inconformismo querendo mudança. Escute a música que te inspire. Leia o poema que acalma. Faço exercícios que te levanta todos os dias. Desejo coragem, esperança, inspiração, movimento-ação e muito entusiasmo. O ser humano precisa de uma realização pessoal e muitas vezes ela dever ser construída em coletivo.

FELIZ 2022!!!