Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escrevo pra vc

Hoje eu escrevo tudo o que desejo dizer a voce. Tudo que tenho pra te falar e me custa a revelar. Tudo que sinto, tudo o que desejo, mas que suas negativas, sua distancia nao me deixam contar. Queria te entender, queria desvendar teus pensamentos, invadir teu coraçao e descobrir teus sentimentos. Tento de voce me afastar, tento com voce nao mais falar, tento fugir, me iludir...a saudade aperta, a saudade entristece minha alma. Carencia????? Vontade?????? Pra mim, simplesmente saudade!!!!! Saudade de vc, saudade de te ver... As vezes te trato com desprezo, novidade, vc vem. Quando te trato com doçura, descepçao, vc se esquiva. Nao dá pra entender, esse misto de morde e assopra, o que voce realmente quer de mim??????
Desde a primeira vez que te vi, me apaixonei, minhas pernas tremeram, meu coraçao saltitou, meus olhos brilharam, é amor!!!!
Cada dia sonho, espero te ver, rever... As horas sem voce parecem sem cor, sem brilho...adoro estar ao seu lado. Sua doce companhia me invade de felicidade!
Voce me provoca tanto!!!!!!! mas nao sao as suas provocaçoes verbais que eu me refiro, sao as sensaçoes que vc me causa que remexem comigo!
Adoro quando voce me olha sério, quando fazes graça comigo e de um jeito atrevido se revela. Adoraria que voce falasse, dissesse o que sentes, se desnudasse dos conceitos e se entregasse ao desejo.
Gosto de sua pele tocar, como que sem querer, ouvir a sua voz, com vc conversar e um abraço seu ganhar.
Mas vc se nega, entre tudo que eu faço, entre tudo que me revelo, vc sai furtivamente de mim, me deixa zonza sem entender o  que vc sente de verdade por mim.
Cada dia que passa, que tento de voce me afastar, percebo que vc como quem nao quer nada vem...a se aproximar.
Já nao aguento mais tantos jogos, tanto esconde e mostra, quero sair correndo de perto de ti, senao vou um beijo teu roubar, a tua boca fico a olhar...a desejar, já estou quase no desespero de te agarrar, saía de perto de mim, me deixe em paz, quero voltar a ter a paz do meu silencio, a paz da minha solidao, por que amar vc sozinha nao é honra, nao é gloria nao.
Dani Moura
Enviado por Dani Moura em 22/11/2007
Reeditado em 22/11/2007
Código do texto: T747245

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dani Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
146 textos (15273 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 09:39)
Dani Moura