Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ETERNO

  Olho-me e não me vejo. Mas quando olho você e me enxergo através dos seus olhos, sinto uma alegria imensa ao ver que nos amamos tanto que podemos nos ver um dentro do outro.
 O que mais podemos querer se temos o mais importante da vida que é o amor de verdade? Um amor sublime que nos foi enviado sob medida, e que nada e nem ninguém pode destruir ou apagar.
 Afinal de contas, quantas pessoas não gostariam de amar e serem amadas desta maneira?
 Tanto tempo esperando um amor e veio me aparecer logo você, com esse seu jeito de menino, com olhos de homem maduro, mas com amor imenso que guardava somente para mim, para me fazer feliz!
 Amo seu jeito, seu cheiro, suas mãos, suas carícias e acima de tudo, amo quando você diz que me ama mais que tudo na vida!
 Isso sim, faz com que qualquer pessoa possa ser feliz o resto da vida sem querer mais nada dela.
 Eu te amo? Não. Pois a palavra amor perdeu muito do seu significado diante desse sentimento sublime que temos. Eu o chamo de amor eterno!
Flavia Félix
Enviado por Flavia Félix em 01/12/2007
Código do texto: T760543

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flavia Félix
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 41 anos
61 textos (23017 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 00:01)
Flavia Félix