Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PONTE

Semana passada, uma mulher se jogou de uma ponte. Acho que ninguém liga.

Todos caminharam para o trabalho. Odeio aquele trabalho. Todos aqueles clientes arrogantes e cheios de si. O meu chefe tentou me comprar,certa vez. Eu recusei educadamente, enquanto desejava esfregar a cara dele no asfalto quente. Ele  acha que sou uma puta. Continuo servindo cafezinho e perguntando da família dele, com um sorrisinho falso na cara. Quem é que liga?

Mamãe disse que preciso ir para a igreja e parar de ouvir Black Sabbath. Ozzy Osbourne é o anticristo e eu vou ficar endemoniada também se continuar ouvindo as músicas dele.
Mamãe apanhou do papai semana passada, está orando para que ele pare de beber. "Seu pai é um bom homem, só precisa ir para a igreja" .Ninguém liga. Nem eu.

Um mendigo me pediu dois reais para beber. Entreguei. Alguém tem que escapar do inferno de vez em quando. Eu não ligo.

Meu ex namorado vai casar com a minha melhor amiga. Não me convidaram para o casamento. Eu não ligo.

Meu gato morreu. Agora todos os dias eu olho para aquela ponte. Mas ninguém liga.Nem eu.
Carol Galvão
Enviado por Carol Galvão em 14/01/2019
Reeditado em 21/01/2019
Código do texto: T6550657
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carol Galvão
São Paulo - São Paulo - Brasil
48 textos (1765 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 01:20)
Carol Galvão