Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM EIRA NEM BEIRA

                                           A minha eterna namorada  JOSELMA
Amor fino , vertical
Encorpado ,horizontal
Longo ,comprido
Sem eira nem beira
Muito chaleira
Achado perdido .

Amor fogoso
Risonho , choroso
Acabrunhado ,largado
dividido a dois
sonhado depois
Muito Acanhado

Amor da noite
Gostoso açoite
Que não dilacera
As vezes revoltoso
Muito zeloso
pois nos espera

Amor de longe
que vive o hoje
Em ascensão
Se um pouco desce
Rápido cresce
Rumo a expansão

Amor que é jus
É a nossa cruz
Mas nunca enfadonha
Amor teu amor é meu
Seu amor sou eu
Esse sem vergonha ..









José Braz da Costa
Enviado por José Braz da Costa em 12/06/2017
Reeditado em 27/07/2017
Código do texto: T6025770
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Braz da Costa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 77 anos
179 textos (9923 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/18 01:53)