Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAMOS FAZER TROVAS PRA DONA?


A Dona é uma menina

Com sotaque espanhol,

Tão meiga e pequenina

Bela como o por do Sol.

 
Poetisa tão querida
Muito bem conceituada,
É bom tê-la aqui, amiga,
Por todos tu és amada.

No Sul fez tua morada,

Doce como um passarinho,

Do amor enamorada,

Jamais abandona o ninho.

 

Mis versos cantan a ti,

Pajarito ruiseñor,

Que escolheu viver aqui

Juntinho do seu amor.

  
Venha cirandar com a DONA. deixe aqui sua participação.

(Milla Pereira)

Nos belos versos de Dona
Eu viajo quando os leio
Como se fosse carona
Que pego, em seus anseios.

Essa pessoa tão bela
Que nunca nos abandona,
É como flor de aquarela
Que tem o nome de Dona.
*****

(Airam Ribeiro)

Preça Dona do Paraná
Da cidade de Londrina
Eu vô aqui aproxegá
Pra saudá eça menina.

Qui devi di sê gente boa
Pois Claraluna mandô,
E a Clara é nossa patroa
I nóis tão a seu dispô.

Ci ela é cunceituada
Já tá na noça trovação,
tombém já tá amada
Dentu dus nosso coração.
******

(Angelica Arantes)

Juntinho do seu amor
Vai a Dona morar
E fará um jardim de flor
Para seu lar encantar.

Seu amor é bem-fazejo
Só lhe trará alegria,
Tudo de bom lhe desejo
Que viva com harmonia.
******

(Maria Luiza D. Erico Nieto)

Dona és la dueña
de un belo corazón
Escribir para ella
Me llena de emoción.
******

(Gil de Olive)

Não precisamos de pesquisas
Muito menos de maratona,
Para a rainha das poetisas
O meu voto é para a Dona.
******

(Ângela Rodrigues)

Dona é maravilhosa
Faz versos como ninguém
E por ser sempre generosa
Seus comentários nos faz bem.

Ela é é uma grande escritora
De quem sou fã e leitora
E fico sempre orgulhosa
Quando recebo sua visita carinhosa.

Dona, deixo aqui meu carinho,
Em forma de respeito e amizade
Em mim encontrarás um ninho
Que te abrigará de toda maldade.
******

(A Flor Enigmática)

O voto para Dona
Estamos a pesquisar 
Será uma maratona 
Ela vai amar.

Querida  e estimada
Por todos deste Encanto
Ela é muito amada
Por todos nós poetas do Recanto.
******

(Zelia Nicolodi)

Poetisa delicada,
Escreve ela tão bem!
É por todos tão amada
E doce como ninguém.
******

(MariSaes)

É doce como ninguém
Colori esse Recanto
Com sua poesia mantém
O coração em acalanto.
******

(Mira Ira)

A poetisa espanholita
Quero vir aqui abraçar,
Então trogo o meu abraço
E minha mão pra apertar.

Tua escrita é mui bela
Como o belo por-do-sol,
Eu queria conhecer
Teu poeta espanhol.
******

(Dona)

Fiquei até sem jeito
A todos o meu carinho, respeito,
Meu espanhol é fluente
Do Brasil por anos estive ausente.

No Sul está minha cidade
Isso é uma verdade
A poesia me tem encantada
Por ela sou apaixonada.

Meus versos falam por mim
Moreninha e amiga, sou sim,
Uma eterna sonhadora
Pequena e forte batalhadora.

Preservo minhas amizades
Com carinho e sinceridade
Por esse imenso apreço
De coração agradeço...

A moreninha amiga deixou esse comentário que quero dividir com vocês:

"Mi dulce amiga estoy mui encantada con su cariño!!!! Te quiero!!! Gracias por este hermoso regalo... Porsupuesto estoy haciendo una poesia en agradecimiento... Besos mi cariño a todos ustedes..."

******

(Mário Roberto Guimarães)

A brilhante poetisa
Que com versos nos encanta,
Muitos males ameniza,
Com essa magia tanta.

E enternece corações,
Toda alma se apaixona, 
Vive um mundo de emoções...
Salve a nossa amiga, DONA.
******

(Maurélio Machado)

Poetisa nobre de Londrina
Tens o encanto de uma flor
Mulher, és musa divina,
A versejar sobre o amor.
******

(Constelação Única)

A dona é meiga poetisa
Que escreve com doçura
Adoro ler seus versos
Neles existe muita ternura.

Linda moça delicada
Por todos aqui é amada
Muito amor em seus versos
Uma alma apaixonada...
******

(Airan Ribeiro - versão paraguaia)

Yo estoy mui incantadu
Por ustê estas aqui ahora
Te quiero con mucho gusto
Cê teu amigo da hora.

Óia eu aí o capiria
Tentandu ispanhol iscrevê
Na roça mexu cum imbira
É só o qui sei fazê.
******

(Vania Staggemeier)

Dona mulher poetisa...
Que todas as manhãs nos encanta...
Com versos suaves e ternos...
Mostra aqui todo seu encanto...
******

(Pedrinho Goltara e seu apêndice "Zezito")

Já tô tomano a frenti
Pra modi vim falá
Não sou bão rimadô
Mais tento um gáio quebrá.

Dona, significa respeito
Poiz é Dona da sabiduria
Poetiza lá in Londrina
Eu ti saúdo cum aligria.

Asdispois vem o Pedrim
Arguma coisa versejá,
Dona, num repara nada deli
O coitado axa que sabe rimá.
.......
Dona, poetisa, não repare,
As pequenas brincadeiras
Esse moço, "seu Zezito"
Me ajuda lá na feira.

Agora chegou minha vez
De algo concreto falar
Você é Dona de respeito
Suas poesias são de encantar.

Parabéns pelos escritos
Pelos trabalhos divulgados
Escrevendo nesse Recanto
Deixa a todos mui honrados.
******

(Marlena Vieira Aragão)

A poetisa é querida
Dos amigos aqui do Recanto
Pois sentimento lapida
Em versos que são seu canto.
******

(Claraluna)

Esta ciranda animada
Ainda está a rodar,
A Dona é muito amada,
Venha com ela cantar.

É um anjo de gentileza
Sempre a nos prestigiar,
Cheia de encanto e nobreza,
Merece o nosso cantar.

Você ainda tem dois dias
Pra sua trova publicar,
Pois nossa doce folia
Segunda vai terminar.
******

(Dona)

Mi querida amiga, não tenho palavras para agradecer a todos esse carinho, me perdoe de corazon se ando ausente, sua Ciranda muito me alegrou mi alma e corazon... A todos poetas e poetisas que aqui passaram e demonstraram su cariño por mim... Les desejo muitas, muitas felicidades e que sejam sempre iluminados por Deus... Besos a todos e mi eterno carino...

Hull de La Fuente
Enviado por Hull de La Fuente em 05/09/2007
Reeditado em 08/09/2007
Código do texto: T639899
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hull de La Fuente
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2667 textos (400071 leituras)
2 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 12:11)
Hull de La Fuente