Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Estou propondo uma ciranda. Será que aceitam? Envie suas trovas.



A alma é lírio branco, puro, 
plantado em jardim tão vivo, 
cresce em flores de futuro 
se o amor não for cativo.


Deley

ALMA TRANSPIRA PUREZA
ANSEIA LIBERDADE
INTERIORIZA A BELEZA
E AMA DE VERDADE.
 
  Flor Enigmática

Ama de verdade
a alma nos enternece
é presente em só Felicidade
se fecha em seu templo em uma prece


 Ana Maria Gazzaneo


Sem alma, na vaga impura 
Caminho triste ao relento...
Qual corpo de branca espuma,
isenta do sentimento.
 

 Mário Roberto Guimarães

A alma canta o que sente, 
Em versos livres e soltos, 
Toma os momentos da gente 
em seu cantar faz revoltos. 

 
Zélia Nicolodi

Minha alma vive contente 
com o amor que nela mora...
Então sigo sempre à frente
eu e ela...vida afora 

 
Mariza Brazil

A minh'alma se alegra muito Quando o meu amor me abraça
Sinto-a sorrir, cantar e dançar
De felicidade quando ele me enlaça.


HLUNA
Voar livre, solta e leve, 
 dentro de mim ela grita.
Ah! Esta vida é tão breve... 
 e minh'alma é infinita.


Condor Azul

 Minha alma não tem marcas
Brinca com as pétalas das flores
Exala perfume e sentimento
Quando outras almas se aproximam com amor.


Ângela Rodrigues
 
Alma substância primeira
De onde tudo se inicia
A minha é verdadeira
E é pura alegria

É fogo,magia e paixão
Renova-se constantemente
Feito larva de furacão;
É brisa que afaga suavemente.


Claraluna

Quando o amor é cativo
Não existe alegria não
Pois não existe motivo
que alegre a relação.

O amor é flor rosada
Tem perfume de jasmim
É uma flor a ser plantada
Num especial jardim de cirandas.


Quartzo Roza

A alma é delírio puro, cândido,
colhido de um jardim perdido,
brotam de sentimentos francos 
sonhos que se revelam brancos. 


ZECA REPENTISTA

d.marlene... minha alma é etérea
d.marlene... minha alma é pura
penso que já morri na Terra
penso que morei na Mandchúria.


Bailanoar

A alma que ao teu canto se acalma 
Enternece e enobrece aos quais ama 
Esboça-se em ti, quão suave dama 
A paixão que que acalma a alma
MVA
Enviado por MVA em 07/09/2007
Reeditado em 10/09/2007
Código do texto: T643008
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o meu nome e meu site: www.marlenevieiraaragao.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MVA
São Paulo - São Paulo - Brasil
1957 textos (195967 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 23:32)

Site do Escritor