Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nunca pense em me deixar

 
Nunca pense em me deixar
Guida Linhares
 
Minha amiga poesia,
nunca pense em me deixar.
Tens caminhado comigo,
nestes dias de agonia.
Lá fora um vendaval,
levou a minha calma embora.
Já sabia que haveria de chegar
esta triste hora.
Mas ele escolheu partir,
pra bem longe daqui,
voltar a ser o que era antes,
longe de mim.
Queria a liberdade,
voar sózinho, além das planuras.
E eu deixei que ele se fosse,
depois de muita luta e
tentativa de diálogo.
Mas ele ficou cego, surdo e mudo
aos meus apelos.
Triste e desconsolada,
recebi a tua visita..
Ah, minha amiga poesia,
dentre todos os apoios,
o teu foi fundamental.
Através de ti,
expresso tristezas
e compartilho alegrias.
Te encontro no coração
dos amigos poetas,
que como eu,
te amam muito!
Por favor amiga minha,
nunca pense em me deixar!
 
Santos/SP
07/10/07

Participação na Ciranda "Nunca pense em me deixar" iniciada pela poetisa amiga Penhah Castro, a ser hospedada no site Arte e Poesia
 
Envios> Ref. A-52 > tekanascimento@tekanascimento.net
 
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 11/10/2007
Código do texto: T689862
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 71 anos
1989 textos (163686 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:51)
Guida Linhares

Site do Escritor