Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEDO DE TER MEDO DO MEDO...

MEDO*****ODEM
M******************M
E****************E
D*************D
****OO****

Um caos escurecendo as vistas,
pelo medo infinito do ser,
criatura homem,
no seu poderio egoísta e arrogante,
por uma mascara decadente,
totalitária e incoerente!
Tenho medo das coisas,
Como fluem...
Do tempo que vai-se,
Deixando marcas, cicatrizes que não se curam,
Pelo mesmo medo que leva a violência,
Que busca a fome de guerra e
a sede de sangue;
que entristece a alma,
se perde, se esconde;
pelo medo de ter que
matar para não morrer,
medo que gera medo!
Onde paro,
Com quem falo,
Se de dia ou
De noite
Na pequena e pacata cidade
Ou na grande armadilha de cristal;
Nas lagrimas das muitas mães,
Buscando justiça,
Por seus filhos caídos;
Pelos amigos
Que deixaram de coexistir;
Medo...
Medo de ser eu mesmo
Ou da dura realidade já não ser mais;
E ainda na duplicidade de fatos,
Enganar-me!
Medo da alma
Medo da barriga vazia
Medo da falsa democracia
Medo de uma possível calmaria;
Medo de ter medo do medo
É medo de mais
Para um simples cidadão
Brasileiro!...
MIRÃO DA ESTRADA
Mirão da Estrada
Enviado por Mirão da Estrada em 31/10/2007
Código do texto: T717110
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mirão da Estrada
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 50 anos
498 textos (14908 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 05:39)
Mirão da Estrada