Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ADOLESCENTE

Maria nem dormiu. Ficou acordada pensando no Marley. Até que ele latiu várias vezes. Seus pais acordaram assustados, e foram ver o que havia lá fora, bem, tentaram, porque Marley pulou em seu pai e quase o derrubou.
-Mas, de onde saiu esse monstro? – Lutava para falar e tentar não ser lambido...
-Tem um bilhete na coleira – disse sua mãe – e uma almofadona aqui na porta, foi chegando perto e pegou o bilhete – que cachorro engraçado...- riu...
- Fui abandonado e quero ser adotado pela Maria... – sua mãe olhou para ela, seu pai também, Marley também... – ela deu com os ombros com se não soubesse nada. E abraçou Marley com carinho já levando a almofada pra dentro e pro seu quarto. Seus pais não falaram nada, mas avisaram que os cuidados com ele seriam dela. Ela aceitou e foram todos dormir.
Agora ela dormiu até acordar apertada no canto da cama. Marley tinha tomado a maior parte da cama dela...ela o empurrou, ele nem ligou...ela riu...e pensou em Fernando, será que ele não sabia que labrador é para deficientes visuais e não auditivos? Mas, adorou seu protetor canino e espaçoso. Levantou para tomar café.
-Maria, foi você que tirou algumas de minhas rosas? – Ela fez que não e perguntou o que havia acontecido.
- Minha linda roseira está toda machucada, parece que as rosas foram tiradas a faca!!! – As duas olharam as pétalas vermelhas no chão...parecia sangue escorrendo...Maria se arrepiou e lembrou de Marley latindo de madrugada, fez gestos para a mãe dizendo que poderia ser o cachorro. Revistaram o pêlo e a pele de Marley, nada de arranhões.
-Que estranho...-sua mãe disse pensativa... – primeiro esse cachorro enorme, agora minha roseira...rasgada...
Maria acalmou a mãe e disse que deveria ter sido algum apaixonado que levou suas rosas vermelhas...
Mas voltou lá fora ver o caminho vermelho deixado pelos pedaços de rosas, até as rosas foram rasgadas, e ficou com medo...tinha que avisar Fernando. Provavelmente foi Marley que assustou quem destruiu a roseira. Mandou um email avisando do acontecido. Ele respondeu : fique tranqüila, Maíra está em São Paulo e decidiu viajar para esquecer, vai para Europa, é o que fazem os ricos quando perdem um amor...Mas, não saia sem o seu super-herói desengonçado...bj te amo.
Seu novo amigo dormia em seu quarto, e, descobriu era um tremendo bagunceiro, e devorador de sapatos! Meu Deus, o que vou fazer? Não sabia se ria ou se chorava de ver sua pantufa nova colorindo a boca de Marley...

Mariani Batista
Enviado por Mariani Batista em 21/12/2011
Código do texto: T3400616

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Mariani Batista
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 50 anos
433 textos (39566 leituras)
5 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/05/21 19:36)
Mariani Batista