Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ADOLESCENTE

É, não tinham tempo para namorar longamente, mas passavam várias horas juntos. ele ficava emocionado com cada manifestação de melhora dela. Maria ficou sabendo que dr. Thiago era amigo de sua família há anos. E, se esforçou para cuidar e estudar o caso de Maria que poderia ajudar muitas outras pessoas que sofreram traumas como os dela, sua esposa Evelin, ajudava Maria a superar as dores da falta ou melhor dizendo da dificuldade de comunicação, que agora era sua realidade. Maria tinha momentos de crise, mas superava por amor a todos que a ajudavam. E, enfim, decidiu utilizar os conselhos dos livros de auto-ajuda que sempre lera. Achava muito interessante usar da imaginação para superar dramas, para superar a falta de música, o que a fez começar a escrever. No início, eram poesias para Fernando, isso quando imaginava que ele havia casado, sempre dolorosas, chorosas e de um amor inalcansável. tinha que admitir que eram poesias de amor mesmo, poesias do estilo de Camões, quer dizer ela tentava esse estilo, Fernando Pessoa já era mais difícil, mais filósofo, mas eram seus favoritos. Agora estava escrevendo um blog para discutir a deficiência auditiva, já fizera vários amigos e fãs nessa jornada. E, tinha certeza voltaria a ouvir, isso como posição que adotava de fé, que agora era fervorosa admiradora de Deus. E, fervorosa leitora de livros que falassem de milagres e, melhor, que milagres existiam! E, ela acreditava nisso. Tinha que acreditar, pois, como foi que ela ouvia as batidinhas das pedras do Fernando? E, até hoje, ela ouve, e ele, joga pedras em sua janela, sempre, quando chega. E, ela ouve, por segundos, mas ouve.
Suas amigas precisaram de algum tempo para aceitar Fernando novamente. Elas mudaram muito a opinião de casar, se preocupar só com isso, e começaram a estudar para fazer o vestibular, ficaram muito constrangidas com a reação do pai de Fernando. Imaginando que sua amiga, tão querida, Maria, seria uma interesseira. Elas pensaram nas suas atitudes e resolveram enriquecer com seu próprio esforço. Maria nem acreditava em tamanha mudança, é sua história iria virar livro. Romance, auto-ajuda, suspense. Usaria seu blog como referência para a superação de todos os tipos de problemas na vida. Fossem o que fossem poderiam ter um final feliz. Assim como seria o dela.
Iria começar o livro agora.
Mariani Batista
Enviado por Mariani Batista em 26/12/2011
Código do texto: T3407244

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Mariani Batista
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 50 anos
433 textos (39566 leituras)
5 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/05/21 18:20)
Mariani Batista