Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O diário de uma bailarina! ( Parte 5 )

Quando completei dezessete anos a parte mais incrível da minha história com o balé enfim começou, essa já não parecia ser apenas uma simples história pois desse momento em diante pude sentir tudo de uma outra forma e até mesmo pude ter a certeza e a honra de poder dizer: Eu amo o balé pois foi graças a ele que pude amar e ser amada pela primeira vez...
.
.
Se fosse para escrever uma história de amor acho que nem mesmo uma perfeita história de amor poderia ter tido a honra que eu tive pois o que pude viver ao lado do meu amado Felipe foi muito mais do que um simples momento, muito mais do que um simples verso pode contar, foi tudo bem mais perfeito que um poema, foi tão incrível e sem-igual que não existe uma forma de descrever...
.
.
O meu amor viverá para sempre!
.
.
.
Quando eu ainda tinha apenas dezesseis anos de idade o Homem que iria se tornar um dos mais importantes na minha vida me fez uma linda declaração, nós ainda estávamos nos conhecendo e eu ainda nem sabia que ele dançava balé mas quando completamos cinco meses de amizade ele me contou sua história, me contou como começou com o balé e podem acreditar ele era muito melhor do que eu, então se passou mais alguns meses e ele me contou sobre o seu sonho de ainda conhecer uma dançarina que pudesse ser guiada por ele mas tinha que ser uma dançarina muito dedicada pois ele já fazia balé a muito tempo e mesmo sendo modesto; ele sabia o quanto era bom.
.
.
Ele demorou alguns meses mas enfim quando eu estava quase completando dezessete anos ele me pediu para ser sua parceira, ele era tão bom comigo, tão carinhoso que não pude dizer não. No início era apenas aulas comuns e não havia nada demais até que ele me mostrou o lado complicado de se dançar balé à dois; quando um não consegue acompanhar o outro... Ele era muito melhor e seus saltos pareciam leves e eram muito melhores que os meus, ele estava em um outro nível e isso deixou tudo bem mais complicado pois no total demorei quase um ano para poder acompanhá-lo, ele não era o rapaz mais talentoso do mundo eu sei mas pelo menos aonde morávamos e frequentávamos, ele sempre soube mesmo sendo humilde que ele era o melhor...
.
.
.
Então quando fiz dezessete anos nós já éramos uma dupla que tinha o poder de parecer saber até mesmo o que o outro estava pensando, nós treinávamos tanto que já sabíamos o que iríamos fazer, aquilo era mais que uma simples dança, era balé mas com uma pitada de amor incontrolável e incompreensível...
.
.
Quando estava próximo do meu aniversário ele me fez uma linda surpresa e graças a essa surpresa nós dois começámos à namorar, não era de se espantar pois nós dois já éramos amigos à alguns anos e ele sempre me cativava por sempre ser um completo, um perfeito cavalheiro.
.
.
.
Quando mais um ano se passou enfim começou a nossa história de superação, garra, determinação, paixão, romance e amor mas isso não era tudo; queríamos tempo para nós dois!
.
.
.
Então agora lhes conto a história dos dezoito aos vinte e dois anos, a parte mais critica porém a mais amável pois essa parte da minha história é o que digo ser o mais admirável pois juntos nós lutamos contra o mundo, lutamos contra todos e vencemos, por isso digo que essa é a parte da história que todos deveriam conhecer antes mesmo de falarem sobre o quanto sou feliz...
.
.
Hoje tenho muitas coisas mas é tudo graças a Deus, graças ao meu esforço e ao esforço do meu marido. Hoje nós temos uma família juntos mas ainda não está na hora de contar essa parte da história, lhes apresento o tempo de maior superação que existiu nas nossas vidas, o tempo mais difícil e complicado mas foi graças a ele que o hoje se tornou possível.
.
.
.
Quando eu tinha dezoito anos!
.
.
Esse foi o ano que tudo começou de verdade, nesse ano tivemos a nossa primeira disputa em equipe, ganhamos em terceiro lugar mas prometemos que na próxima iríamos nos esforçar mais para ganhar em primeiro.
.
.
Quando eu tinha dezenove anos!
.
.
Já na segunda vez que fomos competir não ficamos entre os 3 melhores, nós ganhamos em quinto lugar mas não iríamos desistir, prometemos que na próxima não seria nem terceiro e nem quinto mas sim; em primeiro lugar.
.
.
Quando eu tinha vinte anos!
.
.
Esse foi o ano da maior superação, já éramos conhecidos como o casal modelo que vivia à se superar, passos difíceis e precisos, todos podiam ver que até mesmo os nossos olhos diziam que nós iríamos ganhar... A disputa foi difícil e nós dois ficamos para as finais, já estava certo que estaríamos entre os três primeiros mas ainda não sabíamos em que lugar ficaríamos... Então todos do programa marcaram uma final para dois meses depois daquela apresentação, fomos para casa e treinamos muito mas quando voltamos eu já tinha 21 anos.
.
.
Quando eu tinha vinte e um anos!
.
.
Esse foi o meu ano dourado, ele me fez entender que nada é difícil demais ou impossível para quem realmente quer, esse foi o momento de lutar com mais dois casais mas também foi o ano, que enfim; ganhámos em primeiro lugar...
.
.
Quando eu tinha vinte e dois anos!
.
.
Então se passou algum tempo, juntos nós já tínhamos um certo nome então decidimos ensinar, meu noivo e eu alugamos um lugar, tudo parecia ir da forma mais perfeita possível, tudo graças a Deus, tudo graças a nossa persistência...
.
.
.
Então assim nasceu o que seria o fim ou melhor dizendo o nascer da própria história sobre o meu balé, depois disso tudo foi se transformando e virando o que eu nunca imaginei, depois dos meus vinte e dois anos até mesmo os meus alunos me ensinaram à esperar... Esses seriam os melhores anos...
.
.
Até os dias atuais muitas coisas ainda acontecerão mas muita calma pois muita coisa ainda será contada... Se essa história falta muito para acabar? Quem sabe, ninguém sabe ou talvez; apenas o tempo é quem sabe!
Jean Frases
Enviado por Jean Frases em 13/03/2018
Reeditado em 20/06/2018
Código do texto: T6279144
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jean.Frases). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Frases
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
580 textos (7629 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/06/18 22:41)
Jean Frases