Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu envolto ao meu véu branco
Estou indo,
De encontro do meu amado
Ele já me espera
Belo, na frente
Da grande platéia
Testemunhas do meu ato
Que oficializa o nosso amor
— Tremes tanto minha filha?
Meu pai, com seu braço seguro
Me leva ao altar
Este espartilho me sufoca
Este sapato me aperta
— Calma filha, ainda não tocou a marcha nupicial
— Minha maquiagem pai?
— Você esta linda, minha garotinha, estou lhe entregando para vida!
 
— Para pai, sem drama, senão eu borro a maquiagem, Não quer que de linda eu seja a palhaça do meu casamento.
 
Sentia o braço firme do meu pai,
Os zunzunzuns dos convidados
 
A marcha tocou
Era o meu momento de entrar
 
Meu coração queria sair pela boca,
Meu pé doia pelos calos de um belo sapato novo
E este espartilho, por que nao fiz um regiminho?
 
Meu Deus, todos vieram
Todos me vêem
 
Minha mãe,
Papai falou baixinho
— Calma minha menina, lembra da maquiagem
 
E eu vou
Passo a passo
 
Ele me olha
O que será que esta pensando?
Meu Deus, como eu o Amo
 
O sim esta bem ali
Na beira do altar
 

(leia  parte dois)
O noivo
< leia aqui >
😊👞👔
Waldryano
Enviado por Waldryano em 05/09/2019
Reeditado em 08/10/2019
Código do texto: T6738323
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Waldryano
Telêmaco Borba - Paraná - Brasil
304 textos (14747 leituras)
29 áudios (1005 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 22:31)
Waldryano