Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Fadinha Azul


Era uma vez uma menina de cachos dourados,olhar meigo, mas triste. Era tão linda, parecia uma bonequinha, mas sem entender o que acontecia a sua volta...brincava, dançava(aliás era o que mais ela gostava de fazer).  Debaixo de um pé de amêndoas, ela se distraía perdida na sua imaginação, era o único jeito que encontrava pra ficar distante do mundo real.
   Às vezes ela fugia quando o mar da sua vida estava agitado...tão pequena, tão meiga, mas precisava sempre estar num mundo encantado, porque era mais legal, mais divertido.
   A música era a sua aliada, dançava como uma bailarina, gostava de esticar as pernas e pisar nas pontas dos pés para rodopiar e saltar assim como num ballet gracioso.
   Era uma menina encantadora, seu sorriso convidativo parecia sempre um sorriso feliz.  Moleca e ao mesmo tempo uma graciosa menina, mas a tristeza residia em seu coração...nem tudo era brincadeira, nem tudo era festa, havia momentos turbulentos, de fuga, de injustiças. Mas insistia em viver suas fantasias, era a sua maneira de voar, de se afastar do furacão.
   Uma certa noite, onde o clima estava agradável, o céu com muitas estrelas, Melissa ficou apreciando da sua cama o céu com seus pontinhos dourados, era assim que ela chamava as estrelas.
   De repente sentiu um arrepio e um perfume com cheirinho de fruta invadiu o seu quarto, e por um momento achou que tivesse sonhando.
   Os pontinhos luminosos estavam flutuando no quarto,estrelinhas que brilhavam enfeitando todo o ambiente! Ela deu um pulo e sentou na cama, muito espantada! O que estaria acontecendo? O seu quarto ficou tão perfumado e brilhante! Com certeza era um sonho!
   Quando olhou para a janela ficou boquiaberta, admirada com o que parecia ser uma fadinha azul! Ela sorriu pra Melissa com uma doçura no olhar e em uma de suas mãos segurava uma brilhante varinha cuja a ponta era uma estrela. Melissa começou a chorar silenciosamente, pois tinha medo de que algo pudesse interromper aquele momento mágico. Lágrimas desciam pelo seu rosto, pois estava muito emocionada.
A fadinha abriu a janela, entrou e sentou-se ao lado de Melissa. O perfume no quarto se tornou mais forte e com um efeito calmante pois parecia que estava num mundo completamente diferente do seu, experimentando uma paz nunca sentida antes.
   A fadinha com sua voz doce e calma, disse:  “Melissa, hoje estou aqui para atender um pedido seu!” E a pequena,intrigada,fez a seguinte pergunta: “Como você sabe o meu nome? A fadinha respondeu: “De onde eu venho tudo é possível, tudo sabemos!” Então pacientemente repetiu o que já havia falado antes: “Hoje estou aqui para atender um pedido seu!” A menina estava um pouco tonta com tudo aquilo, mas
muito feliz, e perguntou: “Posso pedir qualquer coisa?” E a fadinha amorosamente respondeu: “Sim, linda menina, pode!” Mas de repente Melissa ficou confusa, tinha tanta coisa pra pedir! Como poderia fazer um pedido somente?
   A fadinha notando sua indecisão, tentou ajudá-la. “Melissa, o pedido tem que ser muito importante pra você, algo que possa mudar a sua vida pra melhor! Pense bem!
   Então a menina dos cachinhos dourados, com o seu sorriso tão encantador, um brilho no olhar que a deixava mais linda, pensou por um instante e respondeu:-Quero paz na minha vida!
 A fadinha ficou séria e no cantinho dos seus olhos desceram o que pareciam ser lágrimas. Fadinhas tinham sentimentos, podiam chorar? Parecia que sim! Então ela apontou a sua varinha em direção as estrelinhas que brilhavam no quarto e com a voz mais firme, disse: “ Que a luz e a sabedoria do universo ilumine a vida da menina Melissa e lhe dê muita paz!”
     A menina adormeceu rapidamente e a fadinha foi embora. Pela manhã a mãe de Melissa foi acordá-la com um beijo e com o rosto mais tranquilo, dizendo: “Bom dia minha pequena! Hoje começa uma etapa nova em nossa vida Melissa, de hoje em diante seremos só você, eu e seus irmãos. Seu pai foi embora depois de uma conversa longa ontem à noite. A paz finalmente irá reinar em nosso lar.”
   Melissa sabia exatamente o que aquilo significava, o fim das brigas, o rosto endurecido do pai, sua intolerância com sua mãe, seu jeito exigente de lidar com todos... Olhando com carinho pra sua mãe, passou sua mãozinha em seu rosto e disse: “Mãe, eu fiz o pedido certo!” Sem entender o que a menina dizia, mas achando que a filha havia feito algum pedido pra Deus, emocionada falou: É Melissa, você fez o pedido certo!” Elas se abraçaram e a menina olhou para a janela e em pensamento agradeceu a fadinha azul, que certamente deve ter sido o papai do céu que mandou para tranquilizar seu coração. Será que foi um sonho? Não importa! Deus age de diversas maneiras em nossa vida, até mesmo através de um sonho.
Katia Naegelle
Enviado por Katia Naegelle em 25/05/2018
Código do texto: T6346256
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Katia Naegelle
Palhoça - Santa Catarina - Brasil
53 textos (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/18 20:15)
Katia Naegelle