Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na noite - Os primeiros

Meu nome é Argus, a alguns anos tomei consciência de que sou um dos que chamo de “Filhos da luz”, e deste dia em diante não fui mais o mesmo, pois estes não são como o resto da humanidade, carregam um legado mais pesado, algo que é parte de sua essência e não podem negar.
Mas para falar o que são os “Filhos da luz”, é preciso voltar ao tempo da criação do mundo e dos homens.
Quando Deus estava criando o universo, fez os anjos, e fez aquele que seria o relâmpago mais claro que o sol, mais suave que a água e mais firme que a rocha. Porém este, a quem chamaria portador da luz, Lúcifer, foi tomado pelo orgulho e pelo desejo de poder, desfiou a Deus e junto com seus subordinados, iniciou uma batalha sangrenta por poder, mas por estarem número menor, perderam e foram banidos do céu, e foram chamados “Nefilim”.
Deus fez os homens, que foram expulsos do Éden por buscar conhecer a verdade, segredos que não deveriam saber nunca, da progênie do homem um deles foi amaldiçoado com sua descendência por matar um irmão, este era Caim.
Surgiram então anjos que começaram a cobiçar as filhas de Caim e desceram dos céus para possuí-las, estes foram chamados “Vigilantes”, espalharam sua descendência  sobre a Terra, gerando seres de poderes sobre-humanos. E junto com os Nefilim, ensinaram aos homens os segredos deturpados dos céus, a magia, a adivinhação, a criação de armas e vários outros segredos, espalhando seu pecado pelas gerações, o pecado de tirar os segredos dos céus.
A progênie dos anjos caídos tinha poderes sobre-humanos, mas os anjos foram amaldiçoados a não mais voltar ao céu e este pecado seria transmitido as suas gerações descendentes. E assim eles foram se multiplicando e seu sangue foi sendo diluído entre os homens a cada geração, assim como seu pecado, hoje alguns nascem com mais desse legado que outros e acabam por possuir dons ligados a estas verdades proibidas, porém condenação ou salvação depende de sua conduta, estes são os “Filhos da luz”.
Eu quero acreditar que entre estes caídos originais, tenham havido alguns que realmente tenham amado os humanos, mesmo sendo este um amor proibido e por isso caíram, isso tornaria menos pesada a culpa que seus descendentes carregam, embora jamais corrija o erro de revelar os arcanos aos que nunca deveriam conhecê-los.
Nenhum Filho da luz pode renegar sua essência, mas é livre para trilhar seu caminho. Embora seja sempre mais fácil destruir a luz dentro de si, do que dissipar as trevas ao seu redor.
W Nophelim
Enviado por W Nophelim em 11/10/2007
Código do texto: T689731

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
W Nophelim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 29 anos
110 textos (4913 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 14:08)
W Nophelim