Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Barreira Policial

_Pai?
_Oi filho.
_Por que este pessoal está piscando o farol, quando passa por nós?
_É que provavelmente tem uma barreira policial aí na frente ou um acidente.
_Mas por que eles avisam?
_No caso de ser acidente, a gente diminui a velocidade para não causar outro.
_Entendi.
Neste momento o menino debruçou os olhos sobre o vidro da janela e observou alguém fazer um sinal para seu pai.
_Pai?
_Pode falar filhão!
_Que sinal foi aquele?
_Bom, filho. Aquele é o sinal de “sujeira”.
_O que ele quer dizer?
_Quer dizer que o que tem aí na frente é uma barreira policial e não um acidente.
_Mas se é polícia, qual o problema? Por que “sujeira”?
O pai, se virou para o filho e sorriu ironicamente.
_Filho. O problema está nos motoristas.
_Como assim?
_Para poder dirigir, a gente precisa de uma autorização. Tem que pagar para o governo alguns impostos, daí eles deixam a gente dirigir. Sem contar que temos que usar o cinto, você está com o seu aí atrás?
_Estou sim pai. Mas quer dizer que se a gente paga, tá tudo certo?
_Isso. Tudo certo filhão! E como alguns não pagam, eles trocam estes sinais para avisar.
Momentos depois, o guarda sinalizou e eles estacionaram no acostamento.
_Tudo certo aí?
_Tudo certo, seu guarda. – disse o pai.
_Documento do veículo e habilitação, por favor.
Ele procurou em seu porta-luvas e não estava encontrando os documentos.
_Acho que perdi meus documentos, senhor.
_Só um instante, não saia daqui. Vou consultar os registros.
Instantes depois o guarda voltou.
_Saia do veículo senhor.
_O que aconteceu?
_Saia do veículo, por favor.
O guarda empunhou o seu revólver em direção ao veículo e falou mais uma vez:
_Saia do carro.
_Dá o dinheiro para ele papai! – gritou o garoto.

Júnio Dâmaso
Enviado por Júnio Dâmaso em 27/03/2021
Código do texto: T7217546
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Júnio Dâmaso
Rio Manso - Minas Gerais - Brasil, 38 anos
484 textos (22026 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 11:56)
Júnio Dâmaso