Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foi amor so até o segundo encontro

Engraçado como mulher apaixonada se ilude...
Era moh pra la moh pra ca...
Era planos de verão, viagens a dois...
Emoticoes carinhos e blablabla...
Ja fazia um mês de namoro online... E finalmente iam se conhecer.
Ia ser na sexta pq planejavam passar a noite junto, e ela tinha la suas responsabilidades...
Bm... Início d namoro ces ja sabem é todo carinho, toda atenção, mensagens d minuto a minuto, mal um enviava o outro ja respondia...
Na quinta ela vai ao centro comercial, procura um presente, queria fazer um ponto extra com ele, no meio do passeio ele qr saber o q ela tava fazendo e ela diz, ele não desperdiçou a chance de ir encontra-la...
Apesar de pensar que os planos de primeiro encontro ia por agua abaixo ela aceita, pq ja ñ aguenta mais esse mistério, essa distância... Se encontram no meio de uma loja, parecem imã com partes opostas, mesmo se vendo pela primeira vez, se abraçam, se beijam, as mãos, as pernas, barriga, olhares, parecem apenas um...  Parecem peças perfeitas de um quebra-cabeça.
Precisam se separar. Mas o dia marcado ainda ta de pé, só não seria mais o primeiro encontro.
Ainda ñ sabem muita coisa um do outro, so que se querem, que suas histórias e suas almas parecem tão iguais que se confundem. Pelo menos é o que uma parte acha ate aquele momento.
Se encontram, no segundo "primeiro" encontro, se olham por um tempo, se tocam em seguida, e... De novo aquela fusão... Que loucura... Procuram uma lugar calmo, especial, particular, precisam realmente se fundir... Não sei pq a urgência, mas ela tava la,... Perfeito. Aconteceu... Ela que jurara nunca mais amar, descobre que nunca amou, ele satisfeito, sorriso no rosto, pensa.... Que fera, consegui, + um troféu...
Fazem 5 meses que ela chora todas as noites por um otário sem coração, sem consideração... Ainda não consegue entrar naquela loja que fez parte de uma encenação de um falso amor, nem msm na praça de sua diversão, onde parecia que tudo começou... E por causa moleque seu coração se petrificou.

p/ A.V.G.R
midynigth
Enviado por midynigth em 07/11/2016
Reeditado em 07/11/2016
Código do texto: T5816361
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
midynigth
Santana - Amapá - Brasil
201 textos (16551 leituras)
3 e-livros (119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/05/21 19:07)
midynigth