Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUMULO EM FORMA DE CORAÇÃO

                 Quando casou foi bem assim,  quase um salto no vazio, de criança virou esposa de um homem de negócios, ela não  sabia  nada da vida, a mãe ainda perguntou no banheiro, se não quiser  a gente foge, mas ela sabia que a mãe estava se iludindo, aceitou.
        Apenas achou Hilton elegante, no começo, fala macia e com dinheiro para emprestar para o  pai, que vivia devendo agiotas por causa da jogatina.
         O primeiro mês Hilton não parou em casa, ficava indo e vindo  dava um tapa nas costas, vai filha faz o seu trabalho, hora do amor, nunca beijava Maria, ela sonhava, quem sabe não é assim o amor dele ?
           Está ou não está  grávida, ele perguntava, tinha que sair de novo, ela balançava a cabeça negativamente, era coisa de Deus, não pegava filho, vou levar você ao médico.
            Lavava, passava e arrumava a casa, vestia  vestidos curtos quando Hilton estava pra chegar do trabalho, tinha semanas que nem via a luz do dia, ultimamente ele andava  zangado com o governo, disse que ia pedir o dinheiro que deu ao pai de Maria.
             Foi no médico sozinha, ele examinou, tinha olhos castanhos, falava olhando diretamente pra ela, disse que parecia tudo normal, acho que o problema é com Sr. Hilton.
             Em alguns dias Hilton queria só amor, não falava nada, deitava de roupa mesmo, ela levantava a saia e ele terminava rápido, ascendia o cigarro e logo depois estava dormindo, o que o médico disse, perguntou antes de dormir, ele fala difícil não entendi, ela falou, miolo mole, vou lá na  segunda, depois te explico debaixo de palmatória.
              Ela ficava lendo, lia os romances, sonhava com um homem distante, que tinha a face de Hilton, porque de alguma forma ela aprendeu a amar aquele homem ainda que ele  fosse a sua ratoeira.
               Quando completou trinta anos  começou a desenhar,  não tinha ninguém para mostrar os desenhos, Maria sabia que eles eram muito bons, a mãe e a irmã  vinham só no natal, a mãe estava cega por causa do diabetes e a irmã teve um derrame, puxava da perna e não conseguia falar.
                Desenha os seus sonhos, o problema é que quase sempre  sonhava com o túmulo da mãe junto com as coisas boas.
                Quando Hilton viu os desenhos, ela disse, são você, fiz  pensando em você, esse  homem não sou eu, ele gritou, quem é esse homem Maria?
                 O diabo veio e entrou em Hilton, rasgou todos os desenhos, só gritava: problema é comigo de não ter filho, vai ver  você até saiu com aquele homem do desenho! Sabe que mais? É que piranha não engravida, isso que esses doutorzinhos tem que aprender, e ainda o besta culpa o marido que trabalha, pegou uma barra de ferro e bateu, a primeira vez acertou o braço, a segunda a cabeça, Maria não sabia, mas o túmulo que ela viu no seu sonho, o túmulo em forma de coração, não era da sua mãe.
JJ DE SOUZA
Enviado por JJ DE SOUZA em 15/01/2019
Reeditado em 15/01/2019
Código do texto: T6551859
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JJ DE SOUZA
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 51 anos
270 textos (53610 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/19 20:26)
JJ DE SOUZA