Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sorriso


   Uma menina vagando pela orla descobre que a brisa do mar, o vento leve,são uma pequena alegria para um dia difícil, uma pequena luz para uma linda menininha que chora.Ela sabe que o mundo ideal está logo ali, estica o braço e mais um vez se decepciona. Onde está? Onde está o lugar ideal que todos falam? Ela começa a chorar outra vez.
   ‘’Por que a dor não passa? Será que o dia não vai melhorar e tornar-se iluminado para mim?’’ pensa ela  ‘’Não posso desistir,tenho que continuara lutar contra esta doença.’’
    A menina vai até o balanço e balançando-se muito alto tenta encostar-se à nuvem. Não consegue. A lua começa a parecer no horizonte, e a menina continua chorando.
   ‘’Por que? Por que a vida é tão difícil,como será que outras pessoas com leucemia vêem a vida?’’
    -Não chore,disse uma voz suave ao fundo,onde está  a sua família?
  -Não tenho família,disse,estou sozinha nesse mundo.
  -Não é verdade,sua mãe está preocupada com o seu sumiço.
  -Você me conhece? – Virou-se porém não enxergou seu rosto muito bem,a escuridão o tampava.
  -Sim e não.Conhecia à uma menina  que via à graça de tudo e  era forte e valente,não parava por nada.Vejo,agora,alguém chorando,triste e fraca,me pergunto será que precisas de um abraço ?
  -Para quer rir na vida,se o riso irá se perder no mundo que nos sufoca  .
  - Se eu te dissessse isso há duas semanas atrás  eu não ouviria essas palavras de sua boca.O sorriso é que faz a vida andar,se nos enterramos em um mar de lágrimas nos afogaremos,e não viveremos mais.
  -PARE ! Pare de falar como se me conhecesse,eu não sei quem é você!
  -Você sabe,porque eu sempre estive com você.Venha,ele estendeu sua mão,te levarei à sua mãe.
  -Não !
  -Prometo que não te farei mal,sua mãe está preocupada.
  E como em um toque de mágica ela estendeu sua mão e acompanhou o estranho,mas não se sentira já tão perdida no mundo,e sim reconfortada.
  Tocou a campainha e sua mãe abriu a porta chorando.
   -FILHA ! Pensei que não te veria mais !!!
  -Perdão mamãe,ela chorava de arrependimento por ter fugido,prometo não te magoar mais.
  -Ó filha ,e a pegou no colo.
  -Mamãe agradece ao moço que me trouxe de volta.
  As duas viraram-se para a rua,mas lá não havia ninguém.
  -Não há ninguém,filha.
  A menina recostou sua cabeça no ombro da mãe,e agradece ao seu  anjinho da guarda por reencontrar sua mãe,e olhando pro céu vê uma figura parecida com aquele estranho homem.Sorriu e lhe acenou,ele retribuiu.
  O tempo se passou e ela enfraquecida foi levada ao hospital.
  Sua mãe chorava,e pensando que sua filha dormia rogava que  a curassem.
  A menina abriu os olhos e disse:
  -A vida é feita para ser vivida sorrindo,porque sem sorrir nos afogaremos em um mar de lágrimas.
  Sua mãe sorriu beijou-a.
  Dois olhos iluminados de um anjo aparecem na noite que projetava-se no céu lá fora.O anjo estica o braço.A menina se levanta e levemente anda em direção a esse anjo.Eles se abraçam forte.Ela descansa o abraça,olha uma vez mais para sua mãe e a beija.O anjo se foi e,deixando uma paz tão intensa, que a menina fechou seus olhos e dormiu em um sono infinito, no qual ela nunca mais acordaria.
Natasha Martín Lauletta
Enviado por Natasha Martín Lauletta em 20/10/2007
Código do texto: T702434

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Natasha Martín Lauletta / nana_lauletta@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Natasha Martín Lauletta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 24 anos
2 textos (211 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:31)
Natasha Martín Lauletta