Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Metades

    Uma Janela, um quarto, uma menina, sete lágrimas em um travesseiro. "Por que chora?", perguntei. Nenhuma palavra, porém dois pequenos olhos amedrontados indicaram a resposta. Através da fumaça pude ver um homem cuja razão virara um inseparável pingente, e uma mulher tentando desesperadamente catar do chão os pedaços já inconsistentes de sua alma.
    Ele estava de partida e ela não, porque metade de seu ser ainda não tinha derretido. Porém, com a ida dele, a metade dessa metade dela também estava derretendo enquanto olhava pela Janela.  Hoje ela e essa metade de metade vivem tentando viver, brigam tentando brigar, amam tentando amar e choram ao não conseguir mais chorar.
Thaísa Águia
Enviado por Thaísa Águia em 22/10/2007
Código do texto: T705474
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Thaísa Águia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
24 textos (1503 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 08:34)
Thaísa Águia