Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vidas Breves V

A roupa ainda estava no varal e tinha começado a chover. Era sempre assim, bastava começar a novela pra acontecer algo que lhe pedia a atenção. Será que São Pedro não podia colaborar dessa vez? Era o último capítulo e ela não queria perder nada. Quando se levantou da poltrona manchada que tinha na sala pequena para tirar a roupa da chuva aumentou o volume para não perder nem uma fala. O Texto era importante, já que não poderia ver a cena, através dele poderia imaginar toda a sequência de eventos que viriam em seguida. Quase como estar do lado da TV, vendo tudo.
Do lado de fora, a chuva começava a ficar forte, e as roupas molhadas. Trovões eram ouvidos de vez em quando, o que a impedia de ouvir as preciosas vozes dos atores. Ela começou a juntar a roupa em um cesto grande próximo ao tanque e longe da chuva. Se fosse rápida poderia terminar antes do casamento de Thiago com Rachel.
Na TV as vozes eram estridentes: "Abaixe a arma Leandro!","Não, se afaste de mim!". Droga estava perdendo a prisão de Leandro. Então um trovão. Aquilo foi um tiro? Mataram Leandro? Ou foi ele que atirou?
Ela pegou a última blusa, nunca tinha reparado no furo perto da gola. Sentiu um calor no peito e caiu ajoelhada, molhada e sangrando. Morava próxima ao morro. Sua mãe sempre disse que aquele lugar era perigoso. Quando fechou os olhos, a única coisa que conseguia pensar era "quem deu o tiro?"
gothmate
Enviado por gothmate em 28/11/2005
Código do texto: T77934


Comentários

Sobre o autor
gothmate
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 44 anos
26 textos (1068 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/02/20 09:28)
gothmate