Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A LENDA DO BARBA RUIVA

_________________________________________

Lendas Populares

Dizem que a lagoa de Paranaguá no Piauí era pequena, quase uma fonte, e cresceu por encanto. Foi assim:

Vivia, nessa época, uma viúva com três filhas. Um dia, a mais moça das filhas adoeceu, ficando triste e pensativa. Estava esperando um menino e o namorado morrera sem ter tempo de casar com ela. Com vergonha, a moça pariu no mato e, deitou o filhinho num tacho de cobre e sacudiu-o dentro da pequena fonte de água. O tacho desceu e subiu logo, trazido por uma Mãe-d'água, que com raiva, amaldiçoou a moça que chorava na beira.

As águas foram subindo e correndo, numa enchente sem fim, dia e noite, alagando tudo, cumprindo uma ordem misteriosa. Ficou a lagoa encantada, cheia de luzes e de vozes. Ninguém podia morar na beira porque, a noite inteira, subia do fundo d'água um choro de criança. O choro parou e, vez por outra, aparecia um moço, muito claro, com barbas ruivas ao meio dia e com a barba branca ao anoitecer.

Muita gente o viu e tem visto. Foge dos homens e procura as mulheres que vão bater roupa. Agarra-as só para abraçar e beijar. Depois, corre e pula na lagoa, desaparecendo. Nenhuma mulher bate roupa ou toma banho sozinha, com medo do Barba Ruiva. Se um homem o encontra, fica desorientado. Mas o Barba Ruiva não ofende ninguém.

Se uma mulher atirar na cabeça dele água benta e um rosário sacramentado, ele será desencantado. Barba Ruiva é pagão, e deixa de ser encantado sendo cristão. Como ainda não nasceu essa mulher valente para desencantar o Barba Ruiva, ele cumpre sua sina nas águas da lagoa. ®Sérgio.

Leia Também (clique no link)

A Lenda do Lobisomem

A Lenda da Cabra Cabriola

A Lenda do Queijo

A Lenda das Amazonas

A Lenda do Homem Chuva
       A Lenda do Cupim

________________________________________

Nota Sobre o Texto: O Barba Ruiva é uma lenda de origem portuguesa.

Se você encontrar omissões e/ou erros (inclusive de português), relate-me.

Agradeço a leitura e, antecipadamente, quaisquer críticas ou comentários. Volte Sempre!

Ricardo Sérgio
Enviado por Ricardo Sérgio em 04/10/2013
Reeditado em 13/10/2013
Código do texto: T4511556
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Ricardo Sérgio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 71 anos
1281 textos (28399518 leituras)
7 e-livros (10028 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/19 23:34)
Ricardo Sérgio