Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EXAGERADO DESEJO

Com toda a elegância que lhe é peculiar, não se fez provecto diante da amada - embora lhe fosse de todo um direito! Por fim esperou-a, aguardando-a por horas a fio enquanto debruçada sobre a faina a si imputada por ele mesmo.

O que porém não sabia ainda é que dali resultar-lhe-ia composição magnífica, talhada com esmero e ardidez pela amada, obra-prima da paixão fazendo-o emproado por tão belas palavras, e do gabo que fizeram àquele seu coração tão sereno e gentil - e por sinal, caindo-lhe com muito primor!

Èis então intento percebido dela, pretendeu a ele outro invento:

"Você deixe-me seu rastro
que seja pequena trilha
Prometo persegui-la
se necessário
infinita milha
porque sempre a ti sou impelida
pra deixar-te minha marca!

O que se passou a seguir apenas lençóis, penumbra, cama e ungüentos puderam testemunhar. Como não têm habilidade de narrar, ficamos escravos de um exagerado desejo de tudo ver e saber!

ana K
Enviado por ana K em 06/10/2005
Reeditado em 07/10/2005
Código do texto: T57407


Comentários

Sobre a autora
ana K
São Paulo - São Paulo - Brasil
219 textos (16522 leituras)
3 e-livros (271 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/08/20 06:01)
ana K