Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Liberdade ou solidão

 Jazz toca ao longe, a música leva ao um devaneio qualquer, sem destino certo, aleatório e intenso como a melodia... Algumas palavras chegam mais nítidas aos ouvidos... “dreams... coffee and cigaretts” contrastando com o ruído de crianças e gritos vindos de fora... Ali era sua ilha, seu mundo.  Em diversos momentos um universo paralelo e era assim que gostava, sem intromissões... Na vida muitas vezes somos meros espectadores e como tal nos resta à busca pelo eterno aprendizado...
Do alto de seu universo tem uma boa vista do bairro... Gente passando, crianças como mochilas, um carroceiro, alguém discute gesticulando ao longe... O sax ressoa apressado e intenso pelo ambiente... O vendedor de ovos passa lentamente anunciando promoções... A vida segue seu rumo, análoga diversas realidades, verdades individuais que precisam ser geridas, vivenciadas, escolhas são feitas a todo instante... Um canário ensaia um possível canto, quem sabe empolgado com o piano aliado ao violoncelo?
A cena vista de por um observador oculto e desavisado poderia ser encarada com um caos generalizado, já para olhos examinadores e atentos a vida desnuda-se como uma odalisca que deixa cair o véu... Mundo dentro de vários mundos, realidades que se tocam, misturam-se para logo voltarem cada qual a seu rumo, a seu certame interno.
O smartphone toca, a música remete seu ouvindo a um filme onde atores valseiam num filme dos anos 1920, por instantes esquece-se do telefone que não esquece sua missão e toca insistentemente... ... ... Algumas palavras trocadas, monossílabas, olhar apressado ao relógio... Chaves, fones, cigarros, isqueiro, casaco, porta fechada... Vida a ser vivida
Giliane Moura
Enviado por Giliane Moura em 17/05/2017
Código do texto: T6001517
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Giliane Moura
Santo André - São Paulo - Brasil, 38 anos
20 textos (706 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 23:27)
Giliane Moura