Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Barulho do Silêncio

O barulho do silencio é ensurdecedor
Quem é que já parou
Para um minuto só ficar
Na madrugada sem falar?
Sem barulho escutar,
Sem chuveiro gotejar,
Sem pia pingar,
Sem menino a chorar...
É no silêncio que começa
Um zunido a dominar
Ao ouvido a azucrinar
E a agonia a começar.
O barulho do silencio pode nos atormentar
E pinéu ate deixar
Se não buscarmos uma voz a escutar.
Puderiamos até viver sem um carro pra andar,
Mas sem som para escutar isso jamais iria nos ajudar.
Pois sozinhos começamos a violar
O direito de acalmar
E ao ouvido agradar
Com aquela voz a nos amarrar.
O barulho do silencio pode até nos gelificar
Mas não como aquela voz que vem de outro coração
Que nos fervoriza de tanta palpitação.
O barulho do silencio vocês podem até procurar
Mas não se deixem demorar
Para louquinhos não ficar.

Lídice França
(06/05/10)
Lídice França
Enviado por Lídice França em 06/05/2010
Código do texto: T2241320

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lídice França
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 30 anos
49 textos (9769 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/07/18 00:02)
Lídice França