Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vidas Secas em cordel

Uma família nordestina,
com difuso linguajar
Fabiano e sua família...
Pediam... Faziam preces
bem diante do altar,
a fim de que chovesse,
que sertão virasse mar.
Quão grande era a aflição,
e ninguém para escutar.

O mundo se alargou,
conheceram a capitar.
O pequeno se fez grande,
levar a vida a sonhar.
Quão grande era a aflição,
e ninguém para escutar

Fabiano acha ser sina
toda a sua aflição.
Roubado pelo governo,
pela polícia e pelo patrão.
Às vezes é de revoltar
Mas logo lembra seu lugar,
precisa do dinheiro,
para a família sustentar.

Apesar da humilhação,
dos desmandos do governo,
da polícia e do patrão.
Não desiste fácil não
É um bicho! - sim senhor.
Vence as dificuldades,
E as lida, com ardor.


(Cordel escrito num curso de cultura popular, em 2007,
momento também que era professora de literatura no curso pré-vestibular Universidade para Todos)
Isabel Lima F
Enviado por Isabel Lima F em 23/01/2012
Código do texto: T3457192
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Isabel Lima F
Alagoinhas - Bahia - Brasil, 36 anos
184 textos (10694 leituras)
4 áudios (91 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/07/21 22:20)
Isabel Lima F