Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem será o pai da criança

Eu nasci em Rio Torto
No ano de sessenta e dois
O meu pai era já morto
Numa cornada de bois
Minha mãe me deu à luz
Já o dia ia fundo
Sua vida se reduz
A pôr filhos cá no mundo

Com pai morto e mãe chorada
O que iria acontecer
Minha mãe era esquentada
Precisava abastecer
Frio o morto ela aqueceu
Que foi preciso chamar
O bombeiro Sadeceu
Para a chama apagar

No rescaldo do incêndio
Nasceu irmã Clementina
Mais prosa para o compêndio
Mais língua sibilina
Neste escândalo de aldeia
“Parir sem ser vivo o home”
Nas mulheres fica a ideia
Que um dos seus homens a come

“Meu home não pode ser
E não é destas vergonhas”
Eu ainda estou pra ver
Mata-bichos e peçonhas
Muitas línguas viperinas
Em galope de cavalo
E home agarrado às crinas

Passa um ano e novo filho
Que obriga o mulherio
A apertar nó e atilho
Com tão grande desvario
Qualquer um era suspeito
Inclusive o mais sisudo
De se deitar no leito
E nas mantas de veludo

De quem é, de quem será
Era a pergunta da gente
A correr de lá pra cá
Num mexerico bem quente
Foram falar com o padre
Para abafar o escândalo
“Fique sabendo comadre
Eu não sei quem deu badalo”


“Por certo sabe da dita
Pois a ouve em confissão”
O padre transpira e hesita
Respondendo em prontidão
Com o ninho atrás da orelha
Num enorme vozeirão
“Não faça de mim aselha
Oiça bem o meu sermão”

“Do confesso nada digo
Nem poderia dizer
Remeta-se ao seu postigo
Coisa de Deus deve ser”
“A bênção padre me vou
Cumprir minha penitência
Sossegada não estou
Desculpe minha exigência”

Rua fora foi cismando
Nas  palavras que ouviu
Seu cérebro foi pensando
E pronta resposta deu
“Filhos merecem estima
E se o pai não dá o nome
É porque veste a batina
Ai, meu Deus que o padre a come!”



Antaco
Enviado por Antaco em 24/08/2014
Reeditado em 24/08/2014
Código do texto: T4935370
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Antaco
Portugal, 59 anos
67 textos (2217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 11:46)
Antaco