Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUITO QUENTE NO NORDESTE. (CORDEL)

I-
Leito seco, em ritmo lento,
causando tristeza no Nordeste.
O sol nasce forte e causticante,
resseca o brejo e o agreste.
Na primavera que muito arde,
bem mais que no sul e sudeste.

II-
Quando o dia amanhece,
Trazendo sua claridade,
Eu me levanto bem cedo,
Encaro a dura realidade.
Pego firme no batente,
Até cantarolo contente.

III-
Decidi ir pra cidade grande,
Para ganhar mais dinheiro,
Mas quando eu cheguei,
Eu entrei em desespero.
Que lugar de gente maluca!
Me deixou muito confusa.

IV-
Que saudade do nordeste,
Que saudade do meu sertão.
Terra quente como fogo,
Guardo dentro do meu coração.
Pois, sem nenhum vintém no bolso,
Agora estou querendo ir embora!

 
14/01/2018 20:02 - Miguel Jacó
 
Sou nascido na caatinga
no sertão de Pernambuco
depois vim para São Paulo
e quase fiquei sem pista
com a capital paulista
por quinze anos meu reduto.

 
Para o texto: MUITO QUENTE NO NORDESTE.(CORDEL)

Obrigada, Poeta Miguel Jacó, pela brilhante interação.


15/01/2018 00:04 - Mariana Mendes

Quem é filho do sertão
Tem o dom da paciência
Sente magia e ternura
até num pingo de chuva
que do céu cai no chão
e docemente inaugura
a chegada do aguaceiro
que garante a fartura
cura o corpo maltratado
engorda o gado leiteiro
e salva o que foi plantado

Para o texto: 
MUITO QUENTE NO NORDESTE.(CORDEL)

Obrigada, Poetisa Mariana Mendes, pela brilhante interação.
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 13/01/2018
Reeditado em 15/01/2018
Código do texto: T6224875
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
3280 textos (529087 leituras)
83 áudios (28266 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/18 14:39)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor