Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

METEORITO ACHADO

O METEORITO ACHADO
DR l  COIMBRA 0302171603

01 Numa noite estrelada
Ao olhar para o infinito
Avistei um meteoro
Deixando no céu um risco
Pelo jeito ia cair
Num lugar que eu ia ir
Na fazenda São Francisco

02 Pois eu fora convidado
Uma gruta visitar
Dava entrada em um morro
Existente no lugar
Por três horas viajei
Por um mapa me guiei
E consegui lá chegar

03 Por ser uma atração
Muita gente visitava
Pelo fato me afastei
Pra onde  ninguém estava
Pois havia uma inscrição
Dizendo que a radiação
De uma gruta emanava

04 Entretanto o aviso
Era para amedrontar
A alguém que porventura
Fosse lá pra farrear
Pois lá havia a tal pedra
Calcinada pela queda
Vinda do espaço estelar

05 Era o  meteorito
Que por lá tinha caído
Se passara alguns dias
Daquele fato ocorrido
Mas  não deram importância
Poucos sabiam da trança
Do fator acontecido.

06 A rocha tinha o formato
De um tambor amassado
No lugar que ele caíra
Um buraco foi formado
Mas por ter ali a gruta
Que pra ver tinha disputa
O meteorito ignorado

07 Porém entre os turistas
Que a caverna foram ver
Tinha um geologista
Que fora lá pra saber
Pois ele ouvira falar
Que bem próximo do lugar
Foi um bólido descer

08 Me vendo ali retirado
Foi pra onde eu estava
Justamente sobre a rocha
Que na hora eu me sentava
Ao saber do meu achado
Ficou muito interessado
E  até se preocupava

09 Um assunto entre nós
Ali se iniciou
Pelo tamanho da pedra
Ele se admirou
E me disse eloquente
Que daquele incidente
Fora Deus que nos livrou

10 Pois se a rocha caísse
Em cima de uma cidade
Certamente ocorreria
Uma temeridade
Pela tamanho da pedra
E o calor que fez a queda
Faria dano a vontade

11 Por uma hora ficamos
Conversando sobre o fato
Lá na gruta o pessoal
Se divertia no mato
Até que a tarde caiu
Um por um de lá saiu
Foi-se o dia e o papo

12 Minha visita na gruta
Um lucro veio me dar
Pois a rocha que achei
O geólogo quis comprar
Fomos ao dono das terras
Que lhe vendeu a tal pedra
Comissão pude ganhar

13 Depois ficamos sabendo
Que a pedra tinha valor
Por ter vindo do espaço
E ter sofrido calor
Ia servir pra ciência
E por sua procedência
Em um museu iam por




Luzirmil
Enviado por Luzirmil em 15/05/2018
Código do texto: T6337208
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luzirmil
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil
1998 textos (91752 leituras)
32 áudios (2411 audições)
25 e-livros (1173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/07/18 11:51)
Luzirmil