Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POUCO TEMPO

Para aquele que o tempo pouco resta
Nada mais pode ser desperdiçado.
Pode até parecer meio engraçado,
Mas dormir não passa mais de uma sesta.
O que é fato já não mais se contesta,
E se busca então ter tranquilidade;
Pois o tempo de si não tem piedade
E prossegue em frente sem compaixão.
Pra quem tem pouco tempo resta então
Relembrar o que foi bom com saudade.
(EDUARDO MARQUES, 04/12/18)

Eduardo Marques da Silva
Enviado por Eduardo Marques da Silva em 04/12/2018
Código do texto: T6518779
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Marques da Silva
Recife - Pernambuco - Brasil, 48 anos
112 textos (3025 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/18 20:09)
Eduardo Marques da Silva