Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seu Lunga


Lá na venda de Seu Lunga
Um gordo entrou satisfeito
Com um sorriso no rosto
Falando assim desse jeito:
Seu Lunga estou feliz
Parece que tem verniz
Na pele sobre o meu peito
Eu fiz lipoaspiração
Perdi quilos de montão
Me sinto outro sujeito

Seu Lunga com a cara séria
Não parou a sua labuta
Consertava um aparelho
Um triturador de fruta
E pra não perder o foco
Enquanto encaixava o copo
Retrucou de forma bruta
Foi quando ele falou
Quem foi que lhe perguntou
Seu gordo fila da puta?!

Outro dia em frente à venda
Seu Lunga se balançava
Em uma velha cadeira
Pouco a pouco cochilava
Foi quando chegou um moço
Com cachecol no pescoço
Perguntando o que é que achava
_ Não achei coisa nenhuma
Simplesmente coisa alguma
Pois de nada eu procurava

Trabalhando em uma roça
Em um baixio fecundo
Aparece em sua frente
Um sujeito vagabundo
E lhe pergunta sem norma
Sem respeito dessa forma
Com ar sarcástico e imundo:
Puxando cobra pros pés?
_ É melhor puxar pros pés
Do que puxar para o fundo.
Bosquim
Enviado por Bosquim em 10/01/2019
Código do texto: T6547654
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bosquim
Martins - Rio Grande do Norte - Brasil, 45 anos
162 textos (10320 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/05/19 10:42)
Bosquim