Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Grande Jonas, Grande Prêmio

Essa história que eu vou contar
É sobre um menino muito corajoso
Que gostava muito de viajar


Ele tinha um sonho
De algum dia um avião pilotar
O pai aviador estava o ajudando
A esse sonho realizar

Ele treinava todo dia
Muitas horas sem parar
E o pai estava lá
Para o filho treinar

Jonas era muito bom
Gostava de ajudar
Por isso todos gostavam dele
Fazia amigos em qualquer lugar

Um dia uma senhora ia passando
Caminhando pela ponte
E a ponte arrebentou
E a mulher pendurada ficou

O menino viu essa cena
E resolveu ajudar
Da mulher teve pena
Arriscou sua vida para a salvar

A mulher ficou muito agradecida
E como prova de gratidão;
(Puxa, que felicidade!)
Deu a Jonas um pequeno avião

Ele contou sua história
E como ela era milhonária
Decidiu o sonho realizar
E o garoto pode comemorar a vitória

Imaginem quão feliz ele ficou!
Chamando seu querido pai
A viagem antecipou
Em sua casa reinava a paz

João disse:
- Você ainda não está preparado!
Mas ele nem ligou,
Estava muito emocionado

Pegou algumas coisas
E foi até o avião
Ao redor deste
Uma grande multidão

Todos desejando boa sorte
E dizendo: - Vai ser um campeão
Sem observar os conselhos
Subiu com emoção

O pai teve que acompanhar
Pois se acontecesse alguma coisa
Ele estaria junto ao filho
E poderia o ajudar

Jonas, distraído, não prestou atenção
Mas que coisa horrível
Bateu num monte enorme
Que terrível situação

Caíram numa mata
E o pai se machucou
Com ele nada aconteceu
E os primeiros socorros prestou

Como o pai estava machucado
O menino teve de constuir
Uma pequena cabana sozinho
Coitadinho do menino, coitadinho!

Sorte que era escoteiro
Mas mesmo assim
O trabalho era muito grande
Demorou o dia inteiro

Quando acabou
Arrastou o querido pai
E dentro da cabana colocou
Mas foi difícil. Pesava demais

Deitado pensou: Deus há de nos ajudar
Eu sei que errei por não obedecer
Mas estou muito arrependido
Ele vai mandar alguém pra nos salvar

No outro dia
O pai estava melhorando
- Estou com medo!
Disse o menino chorando

Depois saiu pro mato
Atrás de algo pra comer
Após algum tempo
Algumas frutas conseguiu colher

No meio do caminho
Um risco muito grande correu
Perto de onde estava
Uma onça apareceu

Mas, ninguém sabe como
O bicho desapareceu
Foi um passe de mágica
Ou a ajuda de Deus

Quando chegou lá
Tudo ao pai contou
Então disse João
Agora com medo eu estou

‘Deus vai nos proteger’
Disseram um ao outro
Não vai nos deixar morrer
Mesmo que haja agouro

Então depois de almoçar
O menino responsável
Saiu de novo da cabana
Decidiu ir caçar

Quando estava andando
Avistou uma casa com pomar
E pensou: Vou pedir a alguém
Para uma fruta me dar

Mas o que ele não sabia
É que era casa de gente má
Inocente e inadvertido
O garoto resolveu entrar

Entrou na linda casa
E uma conversa importante escutou
Dois homens dividindo o dinheiro
Que um deles roubou

Os ladrões o viram espiando
Disseram: - Vamos te matar
Está sabendo demais
Adeus à vida pode dar

Esperem aí, moços
me dêem mais um dia de vida
  que eu quero aproveitar
Pois eu sei que não tenho saída

Neste momento, lá fora
Todos o procuravam e ele aí
Sozinho, com medo e preso
Sem nenhuma forma de sair

De repente apareceu um homem
Que dali o tirou
São e salvo e feliz
Para seu pai voltou

Este homem os levou para casa
E Jonas perguntou:
- Quem é você?
A pessoa que a mulher mandou

- Qual mulher você fala?
- Aquela que você salvou
- Quero agradecer a ela
E emocionado, chorou

Minha senhora, muito obrigado
Agora, o seu nome quero saber
Meu nome é amor
Aquilo que existe em você

Dali foi pra cidade
Que resolveu o homenagiar
Depois de uma festa
Uma medalha de bravura foram lhe dar

Por ele ter se dedicado todo o tempo
A fazer o bem sem se arrepender
Sem parar e sem lamento
Foi feliz e salvo quando precisou

E por causa de sua bondade
Ganhou um presente: a eternidade
Para fazer o bem
Sem olhar a quem

Por isso foi salvo uma vez
Na hora que iam o matar
Para esse grande presente
Ter a oportunidade de ganhar

Essa história foi escrita pra dizer
Que as pessoas devem ser boas
Mas boas pra valer
Com isso só vão ganhar, nunca perder

Claro que não ganharão eternidade
Mas consciência limpa
E amigos na terra e no céu
No céu sim, porque Deus ama
Todo aquele que é bom,
E também obediente e fiel.
Josefa Luz
Enviado por Josefa Luz em 20/09/2007
Código do texto: T661398

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Josefa Luz
Aracaju - Sergipe - Brasil
3 textos (146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 01:14)