Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORDEL DO EXÍLIO DE ÁGUA BRANCA

"Minha terra tem Palmeiras/ onde canta o sabiá...
As aves que aqui gorjeiam/ não gorjeiam como lá!"

Nem tem essa igreja linda
Que tantas vezes fui rezar
O amado cruzeiro do calvário
Que a tantos faz apaixonar
Flores de várias cores
Nesse lar de Iemanjá

Nossa Senhora da Conceição 
Nem esse belo luar
Que nas noites de verão
Tantas vezes fui cantar
E ouvir as nossas canções
E nosso povo a vibrar

Ouvir os lindos cordéis
Ver o Régis declamar
Gil artes pintar telas
Canarinho feliz a tocar
Lá na Serra das Viúvas 
Os tambores a rufar

"Minha terra tem primores/ Que tais não encontro eu cá; 
Em cismar sozinho, à noite/ Mais prazer eu encontro lá"

Em dançar nas vaquejadas
Boa cachaça tomar
Com amigos de verdade
Tantas histórias relembrar
Minha viola tão alegre
Hoje só sabe chorar

Sem Mané Lobinho e Sandro 
E toda a Banda a triunfar
Sem Binga, Bola e Luís 
Sem serestas ao luar
Sem viajar por meu país
Com o Gleidson para lutar

Pra construir um bom futuro
Contra o mal então a reinar
Talvez ninguém se lembre
Mas em meu peito a pulsar
Hoje só tem tristeza
Sem minha terra pra consolar

"Não permita Deus que eu morra/ Sem que eu volte para lá; 
Sem que disfrute os primores/ Que não encontro por cá"

Se quiser, Deus, que não volte
Basta meu coração parar
Afinal de tantas dores
Hoje só vive a reclamar
E falo de todas as dores
Com tristeza no olhar

Que devolva meus amores
Que nunca aqui vou encontrar
A música, as festas, o povo
Que mesmo triste vive a cantar
As comidas, seus sabores
Sua buchada, seu manjar

Seu veludo destas serras
Sua caatinga desbravar
E conhecer nestes louvores
O que é amor e o ensinar
Para sempre estar alegre
E ESSA PAZ VIVENCIAR

Me permita Deus que eu viva/ Pra um dia retornar
"Pra que aviste as palmeiras"/ Onde quero repousar.

Graciliano Tolentino

Parafraseando Gonçalves Dias (Canção do Exílio, 1847).
22 - 04 - 2019
14:28
Graciliano Tolentino e Gonçalves Dias
Enviado por Graciliano Tolentino em 22/04/2019
Código do texto: T6629696
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Graciliano Tolentino
Bertioga - São Paulo - Brasil
194 textos (5490 leituras)
4 e-livros (314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 08:37)
Graciliano Tolentino

Site do Escritor