Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os fantasmas do meu medo
 
Muitos são os meus receios
Monstros guardados no peito
Naquilo que é meu anseio
Muita coisa não tem jeito
Não consigo me controlar
O medo vem me derrubar
Pois nem tudo é perfeito
 
O fantasma do medo ataca
Contra ele estou lutando
Preciso solução encontrar
Vou vencendo, superando
A vida e feita de desafios
Preciso preservar o brio
Assim ele vou enfrentando
 
A vida é um aprendizado
Com momentos de construção
Nem tudo nela é engraçado
Muita coisa é na desilusão
Os monstros vou matando
Do medo também livrando
Sempre levantando do chão
 
 _______________________

PARA CASA DO POETA E DAS POESIAS
JUNHO 2019
IMAGEM GOOGLE GIFS
________________________________________
Belíssimas interações. obrigada pessoas queridas


Recanto das Letras ter, 9 de jul 22:04 (há 14 horas)

09/07/19 22:04 - Marli Caldeira Melris

Dentro de mim se perde/
o meu Eu/
são tantos medos/
que eles flutuam/
nas noite negras/
nos dias sem sol/
cada qual tem nome/
e tem poderes/
dão volta na imensidão/
da minha ira/
quando se assentam/
eu os tranco/
e vou viver/
pelo menos acho/
que eu VIVO...

02

Recanto das Letras 01:03 (há 11 horas)
10/07/19 01:03 - Ahavah

Lindo cordel querida Norma, parabéns querida amiga. Um abraço.
*****************************************************************
Não tenha medo querida/
enfrenta esse monstro medonho/
sempre de cabeça erguida 
porque nessa nossa vida/
Isso é real, não é sonho!

03


Recanto das Letras 01:00 (há 8 horas)
11/07/19 01:00 - Francisco Luiz Mendes

Você é forte bem sei/
Para esse medo enfrentar/
Pro teu coração dizei:/
Pois nada vai me assustar,/

Sou dona do meu nariz,/
Meu medo fui eu que fiz,/
Bem comigo vou ficar./
...
Parabéns por estes belos
versos, gostei. E grato por sua visita e comentários. Taí, minha
interação, aquele abraço.

04


Recanto das Letras sex, 12 de jul 15:47 (há 4 dias)

12/07/19 15:47 - Sandra Rosa

/Meus fantasmas são vários/
Entre eles tenho medo/
Das doenças, da miséria, da fome/
Mas a fé não me abandona/
Sigo sempre renovando esperanças/
Dias melhores é o que espero/

Maravilha de Cordel Norma!
Arte difícil esta que não domino, mas gosto bastante. Ótimo fim de
semana!


05
Recanto das Letras 00:24 (há 16 horas)

17/07/19 00:24 - Joel Marinho

O medo é inerente/
De todos seres humanos/
Mas para o sufocar/
Vivemos sempre lutando/
O seu sorriso é a arma/
Que derruba qualquer karma/
Nesse mundo, vil, tirano!


06
Recanto das Letras 10:51 (há 1 minuto)
25/07/19 10:51 - Jacó Filho

Mesmo sem fazer sentido,/
Tenho medos infundados,/
Mas tenho sobrevivido,/
Apesar de assustado...
///
Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos
ilumine... Sempre...

 --------------------------------------
Norma Aparecida Silveira de Moraes
Norma Aparecida Silveira de Moraes 
Membro da cadeira número 07 da Academia (ALERS) de Artes, Ciências e Cultura do Estado do Rio Grande do Sul, Castro Alves. Patrona Dinah Silveira Queiróz
entre 100 mais lidos da semana
Norma Aparecida Silveira Moraes
Enviado por Norma Aparecida Silveira Moraes em 09/07/2019
Reeditado em 28/07/2019
Código do texto: T6692204
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Norma Aparecida Silveira Moraes
Suzano - São Paulo - Brasil, 60 anos
8103 textos (204792 leituras)
3 áudios (509 audições)
259 e-livros (12607 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/19 12:59)
Norma Aparecida Silveira Moraes

Site do Escritor