Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Força na Fé e na Oração

    Amigos me permitam
    Uma história contar
    De uma menina sonhadora
    Que aqui vou relatar
    Com nove anos apenas
    Começou a trabalhar

    Ajudava  seus pais,
    E não parava de sonhar
    Quis sair de sua cidade
    Para poder estudar
    Alimentava um sonho
    De um dia se formar

    A mãe era Josefa
    E que carisma tinha!
    Mas todos a conheciam
    Era mesmo por Zefinha
    De estatura pequena
    porém, uma grande mulher

    Francisco José de Queiroz
    Homem forte e lutador
    Ao caráter e a moral
    Sempre deu muito valor
    Este homem é o meu pai
    De quem falo com amor

    Francisco Porfírio
    Era assim conhecido
    Muito respeitado
    E também muito querido
    Porfírio  herdou
    Do seu  pai já falecido

    Aos filhos  pode ensinar
    O homem pra ter valor
    Ele tem que trabalhar
    Dignifica e eleva a autoestima
    Mas a vida e o futuro
    É com o homem lá de cima.

    Ele não escrevia,
    Também não sabia ler
    Falando em matemática
    Mandava logo valer
    Ganhava de todos
    Que pagassem pra vê

    Meus pais  eram migrantes
    Mas tiveram muita sorte
    Ambos chegaram aqui
    Vindos do Rio Grande do Norte
    quando recém-chegados
    Enfrentaram dificuldades

    Pois não conheciam
    Os costumes da cidade
    Trabalharam com humildade,
    Garra e satisfação
    Fizeram de Graça Aranha
    A cidade do coração

    tiveram quatro filhas
    A família já formada
    De um jeito especial
    Todas eram muito amadas
    A cada nascimento
    foram todas festejadas

    Com as meninas crescidas
    A falta de um menino
    Foi logo percebida
    adotaram outro filho,
    E falta foi preenchida.

   A menina tem a vida abençoada
   Mas, não deixa de ser
   Uma  historia engraçada
   Mamãe, com  gravidez complicada
   O medico aconselhou
   A criança precisa ser abortada

    Minha mãe!  Daquele hospital saiu
    Com muita preocupação
    Não quis ouvir o médico
    E entrou em aflição
    Pediu forças pra Deus
    Acalmar seu coração

     Pela vontade de Deus
    A criança vai nascer
    Faço um grande pedido!
    Essa gravidez de risco
    Entrego a Virgem de Fátima
    E também a são Francisco

    Nasceu uma menina!
    E  foi abençoada
    Francisca de Fátima
    Registrada e batizada
    Chamaram de Françuilde
    E  assim foi apelidada

    Françuilde foi o nome
    Que por muito tempo adotou

    Até saber sua historia
    Que sua madrinha contou
    Sabendo da importância
    Dei valor a devoção

    Usando meu próprio nome,
    Por amor e gratidão
    Agradecer a Deus!
    Esse é o meu costume
    Vou ficar velhinha
    Mas usando o meu nome

    Eu vim a Presidente Dutra
    Para me matricular
    Tirar os documentos
    Pra  identidade adotar
    Conhecer a escola
    Onde eu iria estudar

    Contrariando meus pais
    Comecei a trabalhar
    Era menor, só podia estagiar
    Arrumei um bom trabalho
    E fui lá me apresentar
    Hoje morando em Presidente Dutra
    Também amo esse lugar

    Das mãos do Criador
    Tive a vida concebida
    Por tudo que sou hoje
    Sou a Deus agradecida
    Chamo-me, Fátima Queiroz
    E assim sou conhecida

    Nesta cidade
    Encontrei gente boa
    Que foi leal comigo
    No colégio um professor
    Que ficou meu amigo
    Porem! Essa amizade,
    Não durou quase nada

    O amigo  professor
    Disse está apaixonado
    Com seu jeito sedutor
    Levou-me foi na cantada
    Deixei de ser sua amiga
    Para ser sua namorada

    Namorar o professor
    Foi uma grande confusão
    Magoei quem não queria
    E feri meu coração
    Pra resolver o  resolver o caso
    Tive ajuda do cupido!

    Disse para o professor
    Te aceito como marido
    O tempo passou rápido
    Foi tudo muito apressado
    Com seis meses de namoro
    Já estávamos casados

    Eu não era uma mulher
    Era ainda uma menina
    O nome do marido
    É Adão Pereira Lima

    O amor é sublime
    Disso não duvide não
    Nasceram três  lindos filhos
    De puro encanto e paixão
    A sociedade os conhecem
    Karoline,  Kamila e Felipão
 
    Felicidade e alegria,
    Equilíbrio, paz e razão
    Coisas que sempre guardo.
    Dentro do coração!
    Faço uso todos os dias
    Em qualquer ocasião

    E assim já se passaram
    Um pouco mais de três décadas
    Por amor estamos juntos
    Nesta vida tão incerta

    Para manter a paz
    Louvo a Deus e faço Festa
    Guardo as coisas boas
    Jogo fora as que não prestam

    A vida é esplendida
    E lhe dou muita atenção
    Pra resolver os problemas
    Tenho Deus no coração

    Com esta família Lima
    Nunca falta animação
    Tudo é sempre festa
    Em qualquer ocasião
    Aniversário e casamento
    Festejamos no São João

    A vida é feita de pura emoção
    Muitas coisas acontecem
    Que nos tiram a razão
    Perdi pessoas queridas
    Que Deus chamou pra outra vida
    Partindo meu coração

    Encontrei forças na fé
    Também na Oração
    Deus me deu força e consolo
    Pra tudo compreender
    Pois nesta vida quem nasce
    Um dia tem que morrer

    A vida continua... Eu não posso parar
    Foi ai que resolvi!
    Vou voltar a estudar
    Fiz filosofia!
    Não foi por vocação
    Não podia escolher
    Só tinha essa opção

    Estudei ética, princípios e razão
    Sem deixar de lado a tal da emoção
    Que mexe com a cabeça
    Mas alegra o coração
    Concluir o curso
    E fiz especialização

    E aí surgiu um trabalho
    Na área social
    Agradeci a Deus
    Pela oportunidade
    Enfrentei o desafio
    E fiz outra faculdade

    Dessa vez por vocação
    Um  desejo especial
    Intermediar por direitos
    Outras coisas e tal
    Pra lutar por vulneráveis
    Fiz Serviço Social

    Os desafios são tantos
    Mas não desisto não
    Nesta luta ainda falta
    Tocar bem o violão
    A música alegra  a alma
    E consola o coração

    Por falar em emoção
    Vou falar de  meu  xodó
    O tempo passa  veloz
    E agora sou vovó.
    Pra registrar Precisa da juíza
    Minha primeira neta
    Chama-se Maria Luísa.

    Agradeço a Deus de todo coração
    Por ter dado aos meus filhos
    Cada um,  una profissão
    Que Deus os encaminhem
    cada um em seu destino
    Mas na vida nunca lhe faltem
    A benção do pai Divino

    Uma coisa quero explicar
    Desta historia sou autora
    Outro não sabia contar
    Espero que possam compreender
    Escritora amadora
    Mas gosto de escrever

    Agradeço a todos
    Com muita gratidão
    Quem leu minha historia
    Com um pouco de atenção
    Um abraço apertado
    Coração com coração

    A gente ainda se encontra
    em outra ocasião.



    FÁTIMA QUEIROZ.
FÁTIMA QUEIROZ
Enviado por ALMA GRANDE em 09/11/2019
Código do texto: T6790698
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ALMA GRANDE
Presidente Dutra - Maranhão - Brasil, 68 anos
2 textos (34 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 19:54)