Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração Errante


Dizem que de amor não se morre ,
Mas contudo venho contar-te um refrão !
O coração é traiçoeiro !
Canto que ninguém manda !
Terra que homem algum anda !

O coração é caprichoso !
 As vezes manhoso , as vezes choroso ,
 Muitas vezes sem direção , andando na contramão!

Tuas palavras bonitas !
Teus olhos miúdos ! Mãos grandes !
E um jeito  menino  foi de mansinho confundindo a razão !
Deixando tudo pelo chão ! Gerando grande confusão!

Eu que andava despreocupada,
Nas pontas dos pés  rodopiava sem prestar atenção ,
De repente fui surpreendida por algo estranho que já estava no coração!

Quanta ilusão ! Quanta decepção !
E onde  estendia a  mão ? A mão que ninguém segurava !
A vida é a expressão da  caminho de cada coração !
Sem tradução para a emoção, ainda procuro o ladrão que levou embora meu coração!
Thércia Lucena Grangeiro Maranhão
Enviado por Thércia Lucena Grangeiro Maranhão em 13/01/2021
Reeditado em 13/01/2021
Código do texto: T7158840
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Thércia Lucena Grangeiro Maranhão
Crato - Ceará - Brasil, 41 anos
18 textos (285 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/01/21 01:01)
Thércia Lucena Grangeiro Maranhão