Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CRIA JUIZO CUMPADI!


 

 

Minha intervenção no cordel “Ci tu cunseguir mi macumbá eu poçu inté ti amá”, do poeta Airam Ribeiro

 

 

 

 

Meu cumpadi num querdito

Que ocê tá inrrabixado

Inté cumpadi Zezito

Hoje tá preocupado.

 

Ocê querditô na Milla

Cum a mandinga da cidade,

Mas tem um monte na fila

Quereno dela amizade.

 

Ocê pari di bestera

Disapaixone di veiz,

Ela é boa cumpanhêra

Mais ela já teim fregueiz.

 

Um marido ciumento

Que anda armado de facão,

E óia que eu num aumento,

O tar home é valentão.

 

Pur isso te peço agora

Tira ela da sua mente,

Desse causo pule fora

Ouça os conseio da gente.

 

Namore outras muiè

Tem muitas delas quereno,

Se eu meto minha cuié

É pra nun ti vê sofreno.

 

Boa noite meu cumpadi

Que o bom anjo ti oriente

Receba dessa cumadi

Um beijinho bem "caliente"


***


A resposta do Cumpadi Airão:


Muta carma minha cumadi
Fica fobada não!
Qui êci seu cumpadi
Infrenta quarqué questão.

Foi só brincadêra
Para nós pudê trová
A minina Milla Perêra
Nun qué de min namorá.

Diz ela qui sô porquêra
Qui nun gosto das coiza boa
I qui quem torci pru parmêra
Préla num é boa peçoa.

Tonci pra evitá
E pra nun infrentá u ciumentu
Seus cunsêi eu vô pegá
Para mim tomá um intentu.

Prumodi qui temu qui iscuitá
As peçoa qui gosta da genti
Pensô u facão a corta
Peçoa quinén eu inucenti?

Mermu pruquê néça ora
Tô cum ôtru pensamentu
Vô baxá in Juiz de Fora
Quarqué um dêçis momentu.

É lá qui mora a sabiá
No rozerá de um jardin
É lá qu pretendu incrontá
U’a sabiazinha para min.

Tonci num percupa não
Qui da Milla é só amizadi
Ela qui fica cum seu maridão
Bem ciumentu e já de idadi.

Gardeço a sua intervenção
Cê xegô na ora agá
Vô pra ôtra mata intão
Adondi poça cantá o sabiá.

Claraluna um bejão
Cê é peçoa bondoza
Ta sempri nu meu coração
Pur cê mutio tencioza.

Quem ti deu eça fotinha
Deu tocandu a viola?
É éça a minha vidinha
è ela qui min cunsola.


***




 
Hull de La Fuente
Enviado por Hull de La Fuente em 15/11/2007
Reeditado em 16/11/2007
Código do texto: T738952
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hull de La Fuente
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2667 textos (400133 leituras)
2 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 17:15)
Hull de La Fuente