Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Monólogo ( A bola da vez )

Monólogo ( A bola da vez)
-Vinte anos de magistério! Uma baita experiência de pode, não pode! Deve, não deve!
Anos 80.
Discussão acirrada.
Na pauta, construtivismo!
A cartilha "Caminho Suave", criticada, rasgada, queimada; Violentada, banida!
Esse era o "clima".
Passam anos 90, sem novidades, todos na luta pela adequação na nova onda.
Entramos no século XXI.
A discussão continua acirrada. E o professor?
Bom, o professor no fogo cruzado.
Tônico?
Não, silábico.
Tradicional?
Não, construtivista.
Híbrido?
Talvez, dizem que é a bola da vez.
E o livro didático? Usa ou não usa?
Não, não usa.
Mas o governo mandou!
Nesse caso, melhor usar.
Mas esse livro está muito além do que meu menino entende!
Trabalha com textos, cantigas, parlendas, listas, receitas, trava-línguas...
Trava- línguas? Não, isso não! Meu menino já se enrola demais.
Pega jornais, esqueça o livro didático.
Ótimo. E os livros aprovados pelo MEC? Baseados nos PCNS? Carimbados, enviados pelo governo?
Usa também.
Taí vou virar híbrido!
E o mimeógrafo? Usa ou não usa?
Não, não usa; chegaram os computadores.
Ah, que legal! Posso usar o computador?
Não, não pode.
Como não! Estamos na era da informática!
Mas a tinta está muito cara.
Nesse caso então, uso o mimeógrafo?
Usa.
E as carteiras da classe, como expor?
Arrume em círculos, forma de L ou em grupos.
Até isso! Posso escolher?
Não, não pode. Nada de menino olhando a nuca do outro menino.
Tá bom! Socorro! Não aguento a indisciplina! Meu menino não lê!
Forma dupla, um vai ajudar o outro.
Ótimo.
E a prova, aplica ou não aplica?
Não, não aplica, faça sondagem.
Sondagem?
Isso; acompanhe as fases do menino.
Certo, farei.
Socorro! Meu menino não sabe escrever!
Paciência. O problema pode está na família.
Família?
Isso; abra a escola para a comunidade.
Legal, vamos abrir.
Socorro! Meu menino me chutou!
Cuidado; não coloque o menino em situação vexatória.
Mas o que faço?
É só um menino. Ele vai aprender que não deve chutar o professor. Converse com a família.
Ta bom!! Socorro! Meu menino não mora com a família!
É assim mesmo, o conceito de família mudou. Esqueça a família.
E o menino? O que faço com meu menino?
Calma!! Não esquenta. Oferecemos cursos.
Cursos?
Isso mesmo. Letra e vida; Letramento; Profa; Pec; Teia do Saber...
Mas eu já fiz todos!!
Continue fazendo, leia a bola da vez. O nome do momento.
Nome? Que nome? Vigosk?, Piaget?, Emília Ferreiro? Paulo Freire?
Não, Telma Veiss.
Ah, legal! Estou lendo.
E aí ? Bom?
Bom... E meu menino, como fica?
Não se preocupe, Fará "Prova Brasil", "Prova São Paulo", Saresp, “ Prova cidade” Enem...vai melhorar, acredite.





Renilda Viana
Enviado por Renilda Viana em 03/12/2008
Reeditado em 15/04/2010
Código do texto: T1316232
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Renilda Viana
São Paulo - São Paulo - Brasil
322 textos (56668 leituras)
8 e-livros (2009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 18:41)
Renilda Viana